Após deixar Cidadania, Ronaldo Guerra confirma filiação ao PSB

O ex-presidente do Cidadania na Paraíba Ronaldo Guerra revelou, nesta quarta-feira (6), que irá seguir os caminhos do governador João Azevêdo e se filiar ao PSB. Guerra disse que para ele chegou o momento de mudar de partido, já que não concorda com os rumos que o Cidadania irá tomar nas eleições deste ano.

O principal motivo para a saída de Ronaldo Guerra do Cidadania foi a federação do partido com o PSDB.

“Acho que chegou o momento. Com essa nova configuração que se deu com as federações e o Cidadania passou a fazer uma federação junto com o PSDB, não me cabe mais no Cidadania. Primeiro porque eu não voto no candidato que o partido deverá indicar. Consequentemente não concordo com a federação com o PSDB. Desta forma, acho que chegou a hora, depois de 12 anos de filiação no Cidadania, procurar outro caminho. Da mesma forma que trilhei na legenda junto com o governo João Azevêdo, como presidente e ele como governador e filiado, da mesma forma farei. Estou deixando o Cidadania e ingressando no PSB”, explicou.

Ronaldo Guerra é chefe de gabinete do governador João Azevêdo e foi responsável pelas articulações que levou o governador para o Cidadania após a primeira saída de João do PSB. Recentemente, João deixou o Cidadania após a federação com o PSDB.