Após carnaval de rua, Folia de Rua cancela festa presencial no Espaço Cultural

A Associação Folia de Rua anunciou, nesta segunda-feira (17), o cancelamento do evento que seria realizado de forma presencial no Espaço Cultural, em João Pessoa, entre os dias 17 e 26 de fevereiro.

Em nota, a diretoria afirmou que a medida foi adotada “diante da realidade de continuidade do enfretamento à atual crise sanitária”.

“A Folia de Rua está consolidada como maior evento carnavalesco da capital paraibana, responsável por proporcionar incremento na economia da cidade, gerando centenas de empregos diretos e indiretos”, destaca trecho.

A diretoria também agradeceu ao prefeito Cícero Lucena, a Fundação Cultural de João Pessoa e ao Governo do Estado, na pessoa do governador João Azevedo e do diretor presidente da FUNESC, Pedro Santos pelo diálogo em busca de alternativas para realização do evento e apoio ao movimento.

Leia a nota na íntegra:

A Diretoria da Associação Folia de Rua vem a público comunicar que, diante da realidade de continuidade do enfretamento a atual crise sanitária, decide cancelar o evento que seria realizado de forma presencial no Espaço Cultural entre os dias 17 e 26 de fevereiro. A decisão foi tomada pela diretoria e referendada em assembleia geral da associação.

A Folia de Rua está consolidada como maior evento carnavalesco da capital paraibana, responsável por proporcionar incremento na economia da cidade, gerando centenas de empregos diretos e indiretos. É uma manifestação cultural viva, democrática, inclusiva e plural, que pulsa efervescência e alegria nos corações paraibanos, sobretudo dos pessoenses, portanto uma chama que não se apaga.

Somos gratos pela compreensão da população pessoense. O presidente Sergio Nobrega promete, juntamente com sua diretoria, apresentar em breve o Projeto Folia Com Vida, voltado ao fortalecimento da cultura com ações criativas e sem aglomeração, promovendo defesa da vida e da saúde durante a tradicional semana do pré-carnaval.

Agradecemos especialmente ao gesto de grandeza do prefeito Cícero Lucena, que de forma inédita nos convidou sentar à mesa de reunião para partilhar da construção de caminhos e soluções para nosso movimento, além de garantir o apoio institucional através da Fundação Cultural de João Pessoa, que tem a frente o competente e dinâmico gestor, prof. Marcus Alves. E ao Governo do Estado, na pessoa do governador João Azevedo e do Diretor Presidente da FUNESC, Pedro Santos que garantiu com presteza a parceria e o apoio.