Aplicativo ‘Monitora Covid-19’ chega à PB para auxiliar no combate à pandemia

Objetivo é suprir falta de testes no mercado, evitar aglomerações em hospitais e garantir a fiscalização adequada do distanciamento social

O aplicativo Monitora Covid-19 já está disponível para usuários da Paraíba nesta segunda-feira (4). A ferramenta tem o intuito de suprir falta de testes no mercado, evitar aglomerações em hospitais, orientar recursos médicos para cada localidade, além de garantir a fiscalização adequada do distanciamento social em locais com índices elevados de contaminação. A ferramente está sendo viabilizado pelo Consórcio Nordeste para os 57 milhões de habitantes dos nove estados que compõe o grupo.

A ferramenta, disponível num primeiro momento apenas para Android, já pode ser baixada por todos os nordestinos gratuitamente na Play Store.

Além da Paraíba, ele está completamente funcional nos estados da Bahia, Sergipe, Piauí e Maranhão. Os outros estados da região implementaram todas as funcionalidades nos próximos dias.

Como funciona

Para quem baixar o aplicativo, serão solicitadas informações sobre a sua saúde no momento e doenças preexistentes e, caso seja identificado o risco, um médico entrará em contato em até 24 horas, pelo celular, orientando as medidas para o autocuidado, que devem ser adotadas no próprio domicílio, evitando que o paciente se dirija a uma unidade de saúde e se exponha sem que haja a real necessidade. Caso seja indicado, o médico informará qual o serviço de referência mais próximo.

Os dados vão gerar um painel de controle onde se visualiza como a pandemia desloca-se no território e possibilita ao Comitê Científico do Consórcio Nordeste, prefeitos, secretários de saúde e governadores, equipe de monitoramento e gestão direcionar as Brigadas Emergenciais de Saúde para os locais estratégicos da região.

O foco são as 112 sub-regiões com menos de 50 casos confirmados até dia 24 de abril. O número corresponde a 94% do total de municípios e os dados revelam que covid-19 é ainda mais mortal nas comunidades das periferias das grandes capitais e no interior.

A expectativa é que atuação local das brigadas aliada ao uso massivo da ferramenta pela população do Nordeste alivie a pressão sobre o sistema de saúde dos estados.

Ao monitorar pacientes com suspeita de Covid-19, as equipes podem evitar o agravamento dos sintomas e a necessidade de deslocamento dos mesmos para unidades de saúde. Entretanto, os pesquisadores alertam que o sucesso da estratégia depende também da adesão por todos os nordestinos ao Monitora Covid-19. A ferramenta pode ser baixada gratuitamente na loja da Google, a Play Store.

Comente