API destaca papel da imprensa para conter fakes news em tempos de coronavírus

A Associação Paraibana de Imprensa (API) divulgou nota, nesta quinta-feira (19), sobre o atual cenário de pandemia provocado pelo novo coronavírus. No texto, a entidade destaca a importância do trabalho dos profissionais de comunicação no combate à propagação das fake news que circulam nas redes sociais e em aplicativos de troca de mensagens.

Confira abaixo na integra a nota da API

Nota

A Associação Paraibana de Imprensa (API), diante da Pandemia do Coronavírus, declarada pela Organização Mundial de Saúde no último dia 11 de março e de todas as medidas restritivas, quarentena e autoisolamento, vem a publico:

Parabenizar o trabalho que vem sendo desenvolvido por todos os profissionais de imprensa do Estado, responsáveis pelas informações verdadeiras, desmistificando fake news que circulam nas redes sociais e em aplicativos de troca de mensagens e alertando a população para as medidas de segurança e proteção contra a propagação do vírus.

Destacar que são nestes momentos de crises que se demonstra de forma inequívoca a importância de uma imprensa livre e de profissionais responsáveis e preparados, quem mantêm a população e a opinião pública bem informada. O trabalho da imprensa se mostra mais uma vez imprescindível e eficaz, contrapondo aos ataques a que a categoria vem sofrendo nos últimos meses.

Solicitar que as empresas viabilizem todas as medidas necessárias para evitar a contaminação dos profissionais envolvidos na cobertura sobre o Coronavírus e alertar aos mesmos que cumpram algumas precauções, como higienização dos microfones, gravadores e outros equipamentos utilizados durante o trabalho e manter distância segura dos entrevistados.

Pede ainda que as empresas de comunicação liberem os profissionais que possam exercer suas atividades de casa, para que assim o façam, diminuindo o número de pessoas nas redações e consequentemente o risco de infecção.

Pedir que todas as informações sejam checadas junto a fontes oficiais para evitar a divulgação de notícias equivocadas. Neste momento, mais do que nunca, vale muito mais publicar a informação correta, do que ser o primeiro a publicar.

Incentivar a todos os jornalistas e radialistas de todos os setores, que na medida do possível envidem esforços para que o foco do seu noticiário seja sobre o Coronavírus. Neste momento, a informação é uma grande arma no combate a proliferação do contagio.

Por fim, esperamos que todos sejam capazes de identificar a gravidade do quadro que o mundo inteiro enfrenta, e façam sua parte para que os danos causados por essa pandemia sejam minimizados no nosso Estado.

A diretoria.

Comente