- Publicidade -
Brasil

Alvo da PF sob comando de Bolsonaro, Bivar deve destituir Flávio e Eduardo dos comandos do PSL

O presidente do PSL, Luciano Bivar, planeja destituir do comando regional da sigla, em São Paulo e no Rio de Janeiro, o senador Flávio Bolsonaro e o deputado federal Eduardo Bolsonaro, ambos filhos de Jair Bolsonaro, que sairá do partido.

- Continua depois da publicidade -

A ação pode ser uma retaliação ao ataque da PF contra Bivar nesta terça-feira (15), apesar de parlamentares afirmarem que o posicionamento do presidente da sigla já estava definido antes da ação da PF.

Segundo o artigo 72 do estatuto do PSL, cabe ao presidente do partido “promover ato de dissolução dos diretórios e comissões provisórias nos estados ou municípios, nos termos do estatuto em conjunto com a maioria da executiva nacional”.

Para a vaga de Flávio Bolsonaro no comando do Rio, o deputado federal Sargento Gurgel deve ser escolhido. Em São Paulo, no lugar de Eduardo, o deputado Junior Bozella poderá assumir.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar