ALPB decide suspender atividades presenciais até que Cabo Gilberto se vacine

Durante a sessão de ontem, o deputado Hervárzio Bezerra pediu uma questão de ordem para suspender as atividades devido à presença do parlamentar não vacinado

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) decidiu suspender as atividades presencias na Casa até que o deputado Cabo Gilberto, do PSL, tome a vacina contra a Covid-19.

De acordo com a resolução de retorno presencial, apenas vacinados com a segunda teriam direito a entrar no local, mas na terça-feira (6), durante sessão híbrida, o líder da oposição entrou no local apresentando apenas teste negativo para a doença.

O presidente da ALPB, Adriano Galdino, afirmou que o parlamentar terá até o fim deste mês para receber a dose, caso não o faça, será convocada uma reunião para discutir as medidas que serão adotadas.

Durante a sessão de ontem, o deputado Hervárzio Bezerra (PSB) pediu uma questão de ordem para suspender as atividades devido à presença do parlamentar não vacinado. A maioria votou para que sessão continuasse, e com isso, Hervázio e João Gonçalves deixaram o plenário.