Publicidade

Aliado de Cássio move ação e Justiça adia divulgação da pesquisa 6-Sigma/Campina FM

O juiz auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), José Guedes Cavalcanti Neto, voltou atrás da decisão tomada à tarde, e decidiu, na noite desta sexta-feira (26), prorrogar a divulgação da pesquisa de intenções de voto encomendada pela Rádio Campina FM ao instituto 6-Sigma sobre a sucessão estadual na Paraíba. Os dados da consulta seriam divulgados neste sábado (27).

A suspensão da divulgação da pesquisa foi solicitada pelo candidato a deputado estadual Edvaldo Pereira da Silva, conhecido por Edvaldo do Cidade Verde (PTC), aliado do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB). À tarde, o mesmo magistrado chegou a negar o pedido de liminar impetrado pelo Diretório Estadual do PTC, porém, mais tarde, acabou acatando o novo recurso.

Em sua decisão, o juiz entendeu que o plano amostral da pesquisa precisaria ser corrigido. “Determino a suspensão da pesquisa até que seja retificado o plano amostral apresentado, corrigindo a incoerência entre questionário de pesquisa e registro apresentado”.

Como a legislação só permite a divulgação dos dados cinco dias após a correção determinada pela Justiça Eleitoral, a pesquisa 6-Sigma/Campina FM poderá ser divulgada agora na somente na próxima quarta-feira (1º).

Veja abaixo trecho do despacho do juiz José Guedes Cavalcanti Neto.

 

Despacho_Juiz José Guedes

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar