- Publicidade -
Política

Aliada de Cartaxo avalia queda da Transparência da PMJP: “mudança brusca”

A vereadora Raissa Lacerda (PSD), que até pouco tempo estava para assinar o pedido de abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Lagoa, acredita que a gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) voltará a ter uma posição privilegiada no ranking da Escala Brasil Transparente, elaborado pela Controladoria-Geral da União (CGU).

- Continua depois da publicidade -

Em entrevista ao Paraíba Já, na manhã desta quinta-feira (19), a vereadora admitiu que sair da 3ª colocação para a 14ª foi uma queda um tanto quanto drástica.

“Às vezes muda, é normal que mude a cada ano, a cada semestre as posições. Quanto vereadora, nosso papel não é apenas legislar, mas fiscalizar. Vamos fiscalizar para que a gente aumente, para que a gente volte ao ranking, de volta ao 3º lugar. Até porque, a população cobra transparência, menos corrupção. Acredito que realmente foi uma mudança brusca, mas vamos voltar a crescer nesse ranking. Acredito que a fala se deve a algum setor da Prefeitura de João Pessoa, mas creio que vamos voltar a subir, o prefeito está colaborando”, refletiu.

O ranking

De terceiro para décimo quarto na Transparência Pública. A Prefeitura de João Pessoa despencou 11 posições no ranking da terceira edição do “Escala Brasil Transparente”, elaborado pela Controladoria-Geral da União (CGU).

Na segunda edição, a Prefeitura de João Pessoa ocupava a 3ª colocação no ranking das capitais, deixando para trás Recife, São Paulo, Belo Horizonte e Florianópolis. Já nesta terceira edição, avaliada no período entre julho de 2016 a janeiro deste ano, a gestão de Luciano Cartaxo, no quesito transparência, perde para capitais que sequer figuravam entre as 10 melhores no ano anterior, como é o caso de Maceió, que saiu de 23ª para 6ª colocação.

Terceira edição da Escala Brasil Transparente

É transparente que Cartaxo é o pior gestor dos últimos 20 anos em JP, dispara deputado

Segunda edição da Escala Brasil Transparente

É transparente que Cartaxo é o pior gestor dos últimos 20 anos em JP, dispara deputado

A justificativa para a queda vertiginosa da gestão Cartaxo na Transparência foi o não cumprimento dos prazos para entrega de informações à CGU. Na avaliação, o órgão recomenda que a Prefeitura de João Pessoa estabeleça “mecanismos e procedimentos que auxiliem a área responsável a atender aos prazos definidos na Lei de Acesso à Informação”.

Atualmente, o secretário de Transparência Pública de João Pessoa é o ex-vereador Bira Pereira.

 

Comente

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar