Agentes de saúde da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) iniciaram, nesta manhã, um protesto em frente ao Centro Administrativo Municipal, localizado no bairro de Água Fria. Eles pedem uma audiência com o prefeito Luciano Cartaxo (PV), reivindicam uma reposição salarial e cobram melhorias das condições de trabalho.

De acordo com líderes do movimento, a Prefeitura de João Pessoa paga um dos piores salários do Estado. “Enquanto em Sousa um agente de saúde tem um salário de R$ 2.294,37, aqui em João Pessoa, nossa remuneração é de apenas R$ 1.253,30. Ou seja, uma diferença de mais de R$ 1 mil”, denunciou um dos manifestantes.

Agentes de saúde fazem protesto em JP e acusam Cartaxo de retirar gratificação da categoria

“Estamos há quase cinco anos com defasagem salarial. Temos direito a uma gratificação que também foi retirada e essa gratificação consta em lei, mas foi retirada indevidamente pelo prefeito”, denunciou Diego de Souza, um dos representantes da categoria.

Ele ainda denunciou as más condições de trabalho ofertadas pela PMJP. “Não temos Equipamentos de Proteção Individual (EPI), trabalhamos sob o sol sem proteção e, além disso, ainda estão tirando nosso salário”, desabafou Diego, acrescentando que os manifestantes vão ficar em frente ao Centro Administrativo até serem recebidos pelo prefeito.

 

Comente

Camara Municipal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here