- Publicidade -
Cotidiano

Agentes de Saúde em JP ameaçam paralisação e boicote à gestão Cartaxo

Servidores cobram o reajuste já neste mês, com a remuneração subindo de R$ 1.250 para R$ 1.500, valor que foi promulgado em 14 de agosto pelo Congresso Federal

Os agentes comunitários de Saúde do município de João Pessoa ameaçam não repassar os dados do cadastramento dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) na Capital, caso a Prefeitura não conceda o reajuste salarial da categoria ainda neste mês de janeiro.

- Continua depois da publicidade -

Os servidores querem o reajuste já neste mês, com a remuneração subindo de R$ 1.250 para R$ 1.500, valor que foi promulgado em 14 de agosto pelo Congresso Federal.

“O Governo Federal só vai repassar o incentivo para cada município de acordo com o número de usuários. Nós, agentes de saúde, estamos recadastrando todos os usuários e tem uma data limite para isso, que é o mês de março. Se o aumento não for pago em janeiro, não vamos passar os dados para a Prefeitura e só o faremos após o pagamento”, informou o vice-presidente do Sindicato Municipal dos Agentes de Saúde de João Pessoa, Raul Lima ao MaisPB.

De acordo com Raul, os servidores não irão abrir mão do aumento já no primeiro mês do ano.

 

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar