Aeronáutica renova interdição do Aeroclube da PB e moradores pedem parque no local

A Aeronáutica renovou a interdição de pousos e decolagens no Aeroclube da Paraíba, situado no bairro do Bessa, em João Pessoa, para o dia 23 de dezembro deste ano. A pista de voo do aeródromo é mais curta do que as novas regras da entidade.

Segundo o líder comunitário do Bessa, Dema Macedo, para voltar a funcionar a pista necessita de uma pista de pouso com no mínimo 480 metros – o que seria praticamente impraticável pelo tamanho do terreno.

Publicidade
ALPB

Dema e líderes comunitários da região pleiteiam que no espaço seja construído o Parque Parahyba, um espaço de lazer para a população local. Além disso, atribuem ao senador e candidato a governador José Maranhão (MDB) a tentativa de reabrir o Aeroclube por “força política”.

Leia:

“Mais uma vitória nossa, moradores do Bessa. A Aeronáutica mantém o Aeroclube interditado até 23/12. O senador Maranhão e candidato a governador tem tentado reabrir o aeródromo através de sua força política. A Aeronáutica definiu para reabrir é preciso atender as novas regras editadas e a pista vai para 480m , enfim impossível de operar. Quem ganha é a coletividade com mais segurança , que venha o Parque Parahyba.”

Aeronáutica renova interdição do Aeroclube da PB e moradores pedem parque no local

 

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]