Acuado, Moro pede licença de uma semana do cargo de ministro

Sérgio Moro vai se afastar do Ministério da Justiça. A autorização foi publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial da União.

A assessoria de Moro disse que ele vai tirar dias de férias entre 15 e 19 de julho; notícia do afastamento, nesta segunda, coincide com informação de site ligado a Moro de que a PF prepara prisões ligadas à Vaza Jato, com insinuação de que o The Intercept pode ser o alvo.

O ministro tem sido acuado e pressionado a prestar esclarecimentos após o vazamento de conversas que indicam supostas ilegalidades no processo que condenou o ex-presidente Lula, referente ao Tríplex. O ex-juiz teria agido em conjunto com a promotoria para “combinar” a sentença que tornou o nome com maior chance de ganhar as eleições inelegível.

Com o caminho aberto, Jair Bolsonaro foi eleito e nomeou Sérgio Moro para o Ministério da Justiça.

Comente