Ações da Secretaria de Educação de João Pessoa são destaques da Fundação Abrinq

A Colônia de Férias e o ‘Curso de Verão’ realizados pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), foi destaque na plataforma da Fundação Abrinq por meio do programa ‘Prefeito Amigo da Criança’. A programação ocorreu no mês de janeiro para crianças veteranas dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e alunos do 4º ao 7º ano do Ensino Fundamental, que apresentam dificuldades nas habilidades da leitura, escrita e cálculo.

A referência ao trabalho realizado pela equipe da Educação no Município de João Pessoa na públicação nacional foi comemorado pela secretária América Castro. “Foi motivo de alegria para nós esse registro sobre as atividades da Secretaria nesse processo de estímulo e na formação dos nossos alunos. Participar de uma gestão que tem um prefeito comprometido com a qualidade do ensino e dando apoio aos profissionais que fazem as coisas acontecerem é só motivo de orgulho para todos. Não tenho dúvidas que voltaremos a ter o selo Prefeito Amigo da Criança”, afirmou.

A temática abordada neste ano na Colônia de Férias foi ‘O brincar a partir dos jogos cooperativos, um exercício de convivência na Educação Infantil’ trazendo para o universo das crianças atividades inventivas e lúdicas.

O ‘Curso de Verão – saberes da leitura, da escrita e do cálculo’ foi oferecido nas unidades escolares da rede municipal de ensino de João Pessoa, com duração de 30 horas, distribuídas em três semanas. A finalidade foi potencializar tais habilidades de modo que os estudantes cheguem ao novo ano escolar com estas aprendizagens mais fortalecidas.

O programa da Fundação Abrinq busca mobilizar prefeitos e prefeitas de todos os municípios a assumirem o compromisso de priorizar crianças e adolescentes em seus mandatos, colocando-os no centro das políticas públicas municipais

Cícero Lucena já foi eleito duas vezes como prefeito ‘Amigo da Criança’ pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e pela Fundação Abrinq, nos anos de 1999 e 2004.