5 fatores que melhoram seus treinos e você não sabia

Manter o ânimo e disposição para treinar todos os dias é difícil, não é verdade? Principalmente, quando retornamos para casa depois de um dia estressante no trabalho, após uma noite mal dormida ou até mesmo uma dorzinha no pé. Enfim, são diversas desculpas criadas para quebrar a rotina de exercícios físicos.

No entanto, para manter a motivação depende de fatores, muitas vezes, bem simples que passam despercebidos, envolvendo desde a alimentação balanceada até a escolha de roupas com tecnologia, aquelas capazes de diminuir os odores, manchas e umidade causadas pela transpiração, evitando que as bactérias se multipliquem.

Logo, esteja ciente que uma coisa é certa: manter a constância dos treinos, inclusive em dias preguiçosos, faz toda diferença no resultado que deseja alcançar. Deseja saber mais sobre quais atitudes tomar para melhorar a performance dos seus treinos? Acompanhe a leitura na íntegra!

Benefícios proporcionados pelas atividades físicas

Os benefícios causados pelas atividades físicas é um assunto já muito abordado. Todos têm ciência de que praticar exercícios regularmente traz inúmeros proveitos a nossa saúde.

A principal busca envolve questões estéticas como a perda de peso, assim como o ganho de massa muscular. Contudo, praticar alguma atividade esportiva reduz os riscos de infarto, AVC, além de controlar a diabetes, reduzir a ansiedade, o estresse, combater a depressão, entre outras funções que colaboram para o funcionamento do  nosso organismo.

No entanto, há outras vantagens desconhecidas que melhoram a condição da nossa saúde como a prevenção contra o glaucoma. A Universidade da Califórnia (EUA) descobriu que 73% das pessoas que se exercitam regularmente apresentam menor risco de desenvolver glaucoma, responsável pela cegueira irreversível. As atividades ao ar livre, como caminhar, pedalar, correr, contribuem para o controle da pressão intraocular.

Além do mais, os exercícios físicos de qualquer natureza são excelentes estimuladores na produção de proteínas (BDNF), favorecendo para a formação, bem como a reparação dos neurônios. Isso significa que as funções cognitivas tais como a memória, atenção, solução de problemas e capacidade motoras são evoluídas harmoniosamente.

Outra melhoria proporcionada pelos treinos regulares está relacionada ao desempenho sexual, aumentando a libido das mulheres e homens, já que trabalha a circulação sanguínea, revigorando o funcionamento dos órgãos sexuais, elevando a lubrificação, mas também promovendo uma ereção mais duradoura. A capacidade de produção dos neurotransmissores são aumentadas, o que favorece para restabelecer a função intestinal.

5 dicas para se manter motivado para o treino

Visto que a prática regular dos exercícios físicos pode recuperar vários aspectos da nossa saúde, proporcionando a todos mais bem-estar e qualidade de vida, confira as dicas de como pequenas escolhas podem ajudar a se manter motivado e não faltar nos treinos.

1 – Respeite o seu ritmo

No começo, a empolgação de iniciar as atividades físicas se torna interessante, mas com o passar do tempo, se o seu ritmo for mais lento, pode atrapalhar ocasionando na perda de foco. Por isso, para iniciantes ou não, é fundamental respeitar o ritmo que seu corpo trabalha. Vá com calma, é melhor treinar aos poucos e manter a constância do que exagerar e desistir no meio do caminho.

2 – Escolha a roupa adequada

Dependendo do local em que morar, a escolha do tipo de roupa vai interferir na escolha, como as usadas em climas frios ou quentes. Seja manga comprida, calças, casacos, shorts ou tops para treino, o importante é optar por peças leves, arejadas que ajudam na circulação da transpiração, e facilitam os movimentos.

3 – Crie uma rotina

Se você estuda ou trabalha, encaixe os treinos num horário antes de iniciar o dia ou após as atividades corriqueiras. O fundamental, aqui, é criar uma rotina para acostumar o seu cérebro com o compromisso de realizar o novo hábito. Por isso, separe os dias da semana e horários específicos que não podem ser adiados.

4 – Elabore pequenas metas

Até seus músculos se adaptarem, a dor será inevitável. Portanto, trace pequenas metas para o treino, dividindo em partes menores o objetivo maior, com certeza,  vai contribuir para atingir o resultado desejado. Por exemplo, se deseja perder peso, corra em vez de 10 km, 5 km. Lembre-se da primeira sugestão, respeite o ritmo do seu corpo e não se esqueça de celebrar suas pequenas conquistas.

5 – Observe seus avanços nos treinos

Ao observar os seus esforços, você vai conseguir perceber a sua evolução. Isso, sem sombra de dúvidas, te dará mais motivação para ir em busca da sua meta final, mesmo que seja aos poucos, tenha uma constância para não desistir. Escolha atividades que proporcionem satisfação, veja como ela gera mais qualidade de sono, reduz o estresse, entre outros parâmetros motivadores.