Publicidade

Pleno do TRE julga improcedente Aijes contra Ricardo e Maranhão

Por unanimidade o pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) decidiu na tarde desta quinta-feira (04), improcedentes  as duas Ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJEs) envolvendo o governador  Ricardo Coutinho (PSB) e o senador eleito José Maranhão (PMDB), referente às eleições de 2010.

A primeira ação julgada foi referente a investigação do ‘Caso Cuiá.  O governador, o vice Rômulo Gouveia (PSD) e outros eram acusados pelo então candidato José Maranhão e pela Coligação Paraíba Unida de ter recebido verba da Prefeitura de João Pessoa para usar na campanha eleitoral.

- Continua depois da publicidade -

No segundo processo analisado pela Corte as partes se inverteram. Dessa vez, a coligação de Ricardo Coutinho, Uma Nova Paraíba, moveu ação contra o então governador  José Maranhão alegando o uso indevido de meios de comunicação na campanha  eleitoral de 2010.

O relator das Aijes, Tercio Chaves de Moura, decidiu pela perda de   objeto dos casos.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar