Wilson Filho diz que deputados não podem ser “marionetes” de interesses alheios

    0

    O deputado federal Wilson Filho (PTB), em entrevista ao Paraíba Já, nesta segunda-feira (07), afirmou que, apesar da sigla fazer parte da base aliada do governo, seu voto no processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) será analisado de maneira coerente.

    “O PTB está na base do governo, então consequentemente eu sou da base do governo, mas eu sempre fui da base no sentido de dizer o que está certo e o que está errado. É tanto que eu tenho uma abertura muito grande em alguns ministérios porque eu falo a verdade. Critico quando tem que ser criticado e elogio quanto tem que ser elogiado. O governo federal, por exemplo, me proporcionou trazer quase R$ 50 milhões para construção de escolas e creches para a Paraíba, e eu nunca vi isso em outro governo, que este programa é continuado, é o PAC”, afirmou.

    Wilson declara que agirá com cautela, para que ele não esteja colaborando para um jogo de interesses. “Para tomar uma decisão dessa importância, de cassar a pessoa mais importante em termos e poder público no país, tem que ser porque ela tenha errado em algum momento. Na minha opinião não dá para prender a mãe se o filho roubou alguém. Contra ela ainda não foi levantado pela Lava Jato nenhum processo desse diretamente nada contra ela. Precisamos saber o que foi que permitiu o aceito da denúncia para que a gente não esteja agindo nem como marionete do governo, nem como marionete do outro lado”, salientou.

    O parlamentar acredita que a gestão da presidente é feita de acertos continuados da gestão de Lula, e segundo ele precisa melhor.
    “Os acertos da gestão são acertos continuados, são os programas socias. Desde o rimeiro mandato, desde a época de Lula, mas alguns prpbçemas básicos estão quese que esquecidos. Tem muita obra parada no Brasil a fora, na Paraíba não é diferente. A transposição está em atraso. A segurança está um causa. Isso tudo faz com que a popularidade dela esteja lá em baixo. As pessoas estão sentindo na pele, na vida o que está acontecendo com elas. Ainda vem a questão da luz, da água da gasolina, tudo aumentando de preço”, declarou.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here