WhatsApp: aprenda a descobrir se um link recebido no chat é vírus

0

Usuários do mensageiro WhatsApp, disponível emAndroid, iPhone (iOS) e Windows Phone estão constantemente expostos a ataques de hackers, spam e malwares. Mesmo diante deste cenário, há formas de evitar vírus no WhatsApp. Com certos cuidados, é possível diminuir as chances de ter o telefone infectado pelo mensageiro

Para saber como identificar se um link é vírus, veja a lista com cinco dicas para evitar malwares no aplicativo. As dicas de alerta são úteis para donos de celulares de todos os sistemas operacionais.

WhatsApp: aprenda a descobrir se um link recebido no chat é vírus
Veja como se proteger de vírus no WhatsApp (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

Quando um contato envia um link sem maiores explicações

Talvez um contato já tenha enviado um link suspeito para você. Quando uma pessoa com quem você não costuma conversar manda um endereço web – principalmente depois de muito tempo sem conversa -, pode ser um sinal de fraude.

Há chances de o celular da pessoa estar infectado com um vírus capaz de mandar mensagens sem a autorização do usuário. O programa malicioso envia um link para os contatos da agenda da vítima, com o intuito de que alguns cliquem e sejam infectados, espalhando o malware rapidamente.

Caso você não saiba do que se trata, o melhor é tentar entrar em contato com a pessoa por outro canal e perguntar sobre o link. Até que você tenha certeza da origem do endereço, é melhor evitar clicar.

WhatsApp: aprenda a descobrir se um link recebido no chat é vírus
Dicas podem evitar vírus pelo WhatsApp (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

Links com descontos e promoções duvidosas

Preços surreais de tão baratos e promoções inacreditáveis são outro tópico para prestar atenção. Por exemplo, se algum de seus contatos do WhatsApp enviar um link de um iPhone 6S de 128 GB por apenas R$ 599, é aconselhável não clicar e abrir. A possibilidade de ser um link infectado é bastante alta.

A principal dica é sempre desconfiar de links que contenham alguma oferta muito tentadora ou quase impossível de ser real.

Links com formulários estranhos

Se alguém mandou um link para você que leva para um formulário a ser preenchido – que, inclusive, oferece prêmios ao fim do questionário -, evite abrir o endereço web. Poucas empresas distribuem cupons, eletrônicos e acessórios tão facilmente. Por mais interessante que a proposta pareça, é importante não clicar em links suspeitos, para garantir a segurança das informações no seu celular.

Preencher esses formulários com dados importantes, como números de documentos (RG, CPF e outros) ou de cartões de crédito, é ainda mais perigoso. Isso pode trazer prejuízos grandes para você, tanto no dia a dia quanto na vida virtual.

WhatsApp: aprenda a descobrir se um link recebido no chat é vírus
Links com formulários suspeitos podem ser sinal de vírus (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

Links de supostas novas versões do WhatsApp

O golpe mais antigo e comum no WhatsApp é de pessoas que oferecem um WhatsApp Gold, com videochamadas, WhatsApp azul ou até mesmo corrente de mensagens para evitar que o mensageiro se torne pago.

Links do tipo contêm vírus em quase 100% das vezes, levando o usuário a sites infectados para baixar o suposto APK do programa. Para evitar cair em golpes, é importante saber que, quando o WhatsApp disponibiliza novas funções, o aplicativo é atualizado automaticamente ou pode ser atualizado manualmente na Google Play Store, App Store ou Windows Store.

Se você quer testar as atualizações do WhatsApp em primeira mão, a saída pode ser se cadastrar no programa oficial de usuários beta. Com isso, você poderá testar as novidades antes de todos e de forma segura.

WhatsApp: aprenda a descobrir se um link recebido no chat é vírus
Para evitar vírus, é importante baixar apenas versões oficiais do WhatsApp (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

Downloads suspeitos

É comum que usuários enviem imagens e vídeos uns para os outros. Se algum contato, no entanto, enviar um arquivo suspeito, especialmente o APK de um aplicativo que não está disponível na Google Play, é melhor recusar.

A maioria dos programas com vírus estão fora da Google Play, por isso, não baixe arquivos de links enviados pelo WhatsApp ou qualquer outro mensageiro, como Viber, Facebook Messenger eTelegram.

As dicas podem não garantir que seu smartphone estará totalmente livre de links suspeitos no WhatsApp, mas, provavelmente, vai aumentar a segurança do seu dispositivo.

As informações são do Techtudo.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here