Vital parabeniza paraibano por representar Estado no projeto Jovens Senadores

    0

    Em pronunciamento no Plenário do Senado, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), parabenizou o estudante paraibano da Escola Estadual Afonso Campos, Kaique Porto Almeida, da cidade de Pocinhos, por ter sido selecionado para representar o Estado no rar o Programa Jovem Senador 2014. Vital elogiou o estudante e disse pela primeira vez o Plenário da Casa votará projetos de lei derivados de sugestões apresentadas por participantes da ação em anos anteriores

     

    “Em nome da Paraíba, abraço o jovem Kaique que veio de Pocinhos para representar nosso estado no Projeto Jovem Senado” parabenizou.

    Segundo ele, serão votadas 2 propostas que tratam do tema dominante entre as preocupações dos adolescentes que representam seus estados que é a educação.

    “O PLS 185/12, sugerido em 2011 pela estudante baiana Adriele Souza, modifica a Lei de Diretrizes e Bases da Educação tornando obrigatória a comprovação de qualificação dos professores em exercício ou contratados para lecionar no ensino básico”, lembrou.

     

    Sugerido pela jovem Rafaela de Souza e Silva (MT),o PLS 467/12  conforme afirmou Vital, determina que os sistemas de ensino identifiquem, até o final do 1º bimestre os estudantes dos ensinos fundamental e médio com baixo rendimento ou baixa frequência, para incluí-los em plano de recuperação especial.

    O PLS 185/2012, sugerido em 2011 pela estudante baiana Adriele Souza, modifica a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, tornando obrigatória a comprovação de qualificação dos professores em exercício ou contratados para lecionar no ensino básico.

     

     

    Na semana em que Brasília recebeu os 27 estudantes selecionados na edição 2014 do Projeto Jovem Senador, pela primeira vez o Plenário da Casa votará projetos de lei derivados de sugestões apresentadas por participantes da ação em anos anteriores.

    Caso passem no Senado, os projetos irão para a Câmara. Se também forem aprovados, seguirão a sanção presidencial.

    Várias outras propostas em análise pelas comissões temáticas do Senado resultam do esforço dos jovens senadores em vivenciar o processo de discussão e elaboração das leis.

    O Projeto Jovem Senador seleciona anualmente estudantes do ensino médio de escolas públicas dos estados e do Distrito Federal, de até 19 anos, por meio de um concurso de redação. Os autores das 27 melhores redações — um por unidade da Federação — são levados a Brasília, onde exercem um mandato de três dias, no qual simulam a atuação dos senadores da República.

    Ontem, os finalistas de 2014 foram recebidos por diretores do Senado e pelo diretor-geral e secretário-geral da Mesa, Luiz Fernando Bandeira. Hoje, os estudantes tomam posse como jovens senadores.

    Segundo Vital, os estudantes terão a oportunidade de conhecer como funciona a estrutura do Senado, bem como todo o processo de aprovação das Leis que regem o País.

    – A rotina desses estudantes nesta semana será intensa. Eles terão uma experiência enriquecedora do verdadeiro exercício da democracia. Ao retornarem para os estados, serão referência na formação política —afirmou Vital.

    Os 27 estudantes simularão mandatos de senador. Eles vão eleger Mesa Diretora — presidente, vice-presidente, primeiro-secretário e segundo-secretário — e formarão três comissões temáticas (Gestão e Financiamento da Educação, Assuntos Educacionais e Direitos Humanos e Meio Ambiente). Também vão discutir e votar projetos, tanto nas comissões quanto em Plenário.

    Os projetos são publicados no Diário do Senado Federal e encaminhados, como sugestões legislativas, para a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado. As sugestões recebem pareceres dos senadores e, se aprovadas, são convertidas em projetos de lei do Senado.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: redacao@paraibaja.com.br

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here