Visita na Venezuela é forma de prevenir instalação de regime ditatorial no Brasil, defende Cássio

    1

    Após ser hostilizado em viagem a Caracas, na Venezuela, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) explicou que a visita ao país vizinho tinha um caráter humanitário, mas que infelizmente, a comitiva de senadores foi vítima de sabotagem por parte do governo venezuelano. Em entrevista ao programa Rádio Verdade, nesta quarta-feira (19), Cássio destacou que o objetivo do grupo era visitar presos políticos e também prevenir a instalação do mesmo regime ditatorial no Brasil.

    “Foi uma ação voluntária para prestar solidariedade a presos políticos da Venezuela, e também para fazer uma pressão internacional para que haja eleições livres e democráticas naquele país. E ainda uma ação preventiva para que o regime da Venezuela não possa ser instalado aqui”, ressaltou o tucano.

    Para Cássio, a presidente Dilma Rousseff conduz o país para a mesma situação política da Venezuela. Ele disse que Dilma enganou aos brasileiros durante a campanha. Cássio reconhece que o país está passando por uma fase dificil na sua economia, mas atribui esses problemas a administração de Dilma. “Se já não bastasse a crise política, a população ainda tem que enfrentar a crise de ética”, afirmou Cássio.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here