Contra o Miramar: Vilar diz que ainda confia no atual time do Botafogo-PB

    0

    O Botafogo ainda não fez uma grande apresentação no ano. Aliás, as atuações irregulares provocaram a ira do torcedor e um ambiente tenso na Maravilha do Contorno, com dispensas e muita pressão sobre o técnico Marcelo Vilar. Em que pese tudo isso, o Belo pode assumir neste domingo a liderança do Campeonato Paraibano se vencer o lanterna Miramar, em jogo marcado para as 16h, no Estádio Almeidão.

    Mesmo que a liderança seja provisória (afinal, o Treze ficaria com um jogo a menos), esta condição amenizaria ainda mais o ambiente, que já melhorou bastante depois da vitória de 1 a 0 sobre o CSP, na última quarta-feira.

    “Continuo confiando muito nesse time. Ainda estamos devendo uma grande apresentação, mas se emplacarmos uma sequência de vitórias, a tendência é termos mais tranquilidade no futuro”, disse Marcelo Vilar, que saiu aplaudido de campo contra o Tigre.

    Para enfrentar o lanterna, o treinador ensaia mudanças. Zaquel e Bismarck devem entrar no meio-campo, deixando o time mais ofensivo com as saídas de Hércules e Nata. Na defesa, Mauro recupera a posição, deixando Carlinho Rech mais uma vez como opção no banco de reservas.

    Um dos jogadores mais motivados com a partida é o atacante Juninho. Após ter marcado o seu primeiro gol em jogos oficiais, ele espera se firmar de vez na equipe com mais uma grande apresentação. Para isso, vem pedindo o apoio da torcida botafoguense.

    Para a partida, o Botafogo pode ter a estreia de outro atacante, André Cassaco, que teve o seu nome publicado no BID da CBF. Já o mexicano Hernandez aguarda apenas visto de trabalho.

    No lado oposto da tabela, a situação do Miramar é delicadíssima. O time soma apenas um ponto e é o único que ainda não venceu no Campeonato Paraibano. Após a saída do técnico Reginaldo Sousa, o Tubarão do Porto ficou sem comando e teve que apelar para Givanildo Silva voltar à função – ele começou o Campeonato Paraibano como técnico, mas depois optou por ficar apenas como gerente de futebol. Pelo menos, nessa volta, demonstrou coragem para escalar o time no 4-3-3.

    O Miramar passa por uma grave crise financeira e muitos jogadores ameaçam deixar a equipe por conta de salários atrasados.

    Com informações do GE/PB

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here