Vídeo: Sessão na Câmara do Conde acaba em confusão

    0

    A Câmara Municipal do Conde, no Litoral Sul da Paraíba, se transformou em uma grande ‘rinha de galo’ na noite desta segunda-feira (23). A sessão, que serviria para referendar a renúncia do presidente da Casa, Denys Pontes, acabou com um secretário municipal detido pela polícia e com o chefe do Legislativo Municipal no hospital.

    De acordo com o blog do jornalista Tião Lucena, o secretário de Comunicação, Alysson Campelo, e os vereadores Naldo do Cell (PT), Fábio Tatu (PTdoB), líder da prefeita Tatiana Correia (PTdoB), e Emerson Enéas (PHS) protagonizarem um grande quebra-quebra. O presidente Denys Pontes, que ia renunciar, passou mal e foi levado para o hospital.

    Segundo testemunhas disseram ao Portal Correio, a confusão teve início após o presidente Dênis Pontes alegar mal estar e pedir para se ausentar, sendo conduzido ao hospital. Ele renunciaria durante a sessão, após denúncias de fraudes e irregularidades na gestão feitas pelos vereadores Fábio Tatu e Emerson Enéas.

    Uma nova eleição seria feita para a Mesa Diretora, mas como não houve a renúncia do presidente, os vereadores que pediam a saída de Dênis iniciaram uma confusão e chegaram a quebrar dois microfones e um computador.

    De acordo com o sargento Diolindo, da Polícia Militar, os envolvidos foram convidados para prestar esclarecimentos na Delegacia de Polícia Civil de Alhandra. Na confusão, o secretário Alisson Campelo acabou detido. “Ele (o secretário) tentou impedir que a PM conduzisse os vereadores à delegacia”, contou o militar.

    Veja abaixo o vídeo da confusão:

     

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here