Vice de Marina censura Cássio por receber salário de marajá: “é uma anomalia”

    0

    Durante passagem por João Pessoa na tarde deste sábado (13), o deputado federal e candidato a vice-presidente Beto Albuquerque (PSB) criticou a postura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), em receber um salário de marajá superior a R$ 50 mil por mês, somando seus vencimentos como senador e uma aposentadoria como ex-governador.

     O valor recebido por Cássio está 78% acima do piso constitucional, que determina que nenhum servidor público pode receber salário maior do que ao de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). “Isto é algo que a população não pode aceitar como normal, é uma anomalia. O que se espera do homem público é o esforço para respeitar a lei e a população”, observou.

    Neste sábado, Beto Albuquerque participou de eventos de campanha em João Pessoa e Campina Grande, acompanhado da candidata à Presidência, Marina Silva (PSB), e do governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição pela coligação ‘A Força do Trabalho’.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]