Vereadora quer debate com a Energisa sobre o aumento de contas de energia

    0

    A vereadora Raíssa Lacerda (PSD) vai discutir o aumento no valor das contas de energia elétrica, em audiência pública, às 16 h da quarta-feira (25), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). A parlamentar destacou que há 15 vereadores na Casa Legislativa que subscreveram o requerimento, e que, por isso, na ocasião, poderá ser instaurada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar denúncias contra a concessionária dos serviços de iluminação na Paraíba, Energisa.

    “A Energisa vem realizando um aumento atrás do outro nas contas de energia elétrica, e desde 2009, essa elevação vem sendo progressiva. Só neste ano foram dois. Chamo ao debate para que essa empresa se explique. Quem pagava R$ 100,00 vai passar a pagar R$ 183,00”, denunciou Raíssa.

    A parlamentar disse que os mais prejudicados são os consumidores, alegando que a Energisa está sendo investigada pela “Máfia do Fio Preto”, por parte da Polícia Federal (PF), e pela Procuradoria Regional do Trabalho na Paraíba no que tange aos direitos dos empregados da empresa.

    “Denunciei a Máfia do Fio Preto, na qual substituíram os medidores analógicos por digitais, cobrando-se mais, ao trocarem os medidores analógicos por digitais, alegando desvios de energia dos consumidores. O procurador-chefe do Trabalho, Eduardo Varandas, também investiga   denúncias dos funcionários da Energisa: eles alegaram que a concessionária não está pagando hora extra, pois os colaboradores só bateriam o ponto na entrada”, comentou a vereadora.

    De acordo com a parlamentar, durante o debate na CMJP, uma CPI poderá ser instaurada. “Precisaríamos da assinatura de 11 vereadores e já temos 15 apoiando esse debate”, salientou Raíssa, elogiando os vereadores que subscreveram seu requerimento, solicitando a realização do evento.

    Apoiaram o debate Renato Martins (PSB), Chico do Sindicato (PP), Lucas de Brito (DEM), Sérgio da SAC (PSL), Edson Cruz (PP), João Corujinha (PSDC), Santino (PT do B), Eliza Virgínia (PSDB), Djanilson (PPS), Benilton Lucena (PT), Raoni Mendes (PDT), Professor Gabriel (SD), João dos Santos (PR) e Bira (PT).

    “Nós vereadores devemos realizar a defesa do povo e a Energisa tem saqueado o bolso do pobre. Já pedi até uma CPI anteriormente, mas, infelizmente, nada disso caminhou ainda. Temos que lutar em defesa de quem mais precisa. Minha conta de energia elétrica subiu da casa dos R$ 200,00 para R% 509,00”, revelou Professor Gabriel.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here