Vereador diz que Justiça acabará com “arrumadinho” entre PMJP e base na CMJP

1

Ao que parece a novela da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os supostos desvios da obra da Lagoa está chegando aos seus capítulos finais. O vereador Renato Martins (PSB), líder da oposição na Câmara Municipal (CMJP), relatou que o prazo judicial para o parecer do presidente da Casa, Durval Ferreira (PP), encerra nesta próxima sexta-feira (06) e que acredita que a Justiça acabará com o “arrumadinho” entre a Casa de Napoleão Laureano e o prefeito Luciano Cartaxo (PSD).

“Durval foi notificado dia 20, vamos calcular aí de cinco a seis dias a Câmara manda uma resposta, em torno do dia 26 de abril. De maneira que o prazo se finda na sexta-feira e já se tem a resposta da Câmara”, explicou.

Renato ainda fez críticas a maneira como Durval Ferreira vem conduzindo o processo para a instalação da CPI e afirmou que existe um “arrumadinho” entre o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) e o presidente da Casa Napoleão Laureano.

“Com todos os indícios, a gente percebe que, a resposta da prefeitura foi também pela Câmara, numa comprovação ainda maior de que há um arrumadinho do chefe do Poder Executivo com o chefe do Poder Legislativo, para inibir essa CPI”, criticou.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here