Vereador da oposição ressalta deficiências do Trauminha de Mangabeira

0

O vereador Raoni Mendes (DEM), repercutiu  os alertas feitos pelo Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) sobre a situação de calamidade pública em que se encontra o Trauminha, hospital da rede municipal de saúde de João Pessoa. Para o parlamentar, isso é reflexo da má gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PSD).

“Nos últimos três anos nós constatamos a precariedade dos serviços de saúde. Não podemos deixar de observar que não teve um secretário que assumisse essa pasta e ficasse (por muito tempo), tamanha a complexidade e a dimensão. O prefeito não conseguiu acertar na saúde e também não consegue reconhecer”, afirmou o vereador.

“Então, o CRM hoje, pelo que eu escutei da imprensa, deu o atestado de que se você não pode com o pote não pegue na rodilha. Se a Prefeitura e prefeito não são capazes de gerir os recursos da saúde que passe para quem tenha capacidade. Nós não podemos mais comprometer vidas com essa incompetência”, defendeu .

Ele ressaltou a falha na aplicação dos recursos para saúde na Capital paraibana. “João Pessoa chegará ao fim de 2016 com a pior execução orçamentária de saúde. Por mais que tenha se investido, entra o ano devendo muito e com a execução orçamentária baixa. Ou seja, planeja e não executa”, enfatizou.

Raoni Mendes também destacou que a crise do funcionalismo, com as greves dos servidores municipais de saúde e de outras categorias que reivindicam melhorias, é outra consequência das deficiências na atual administração da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). “Isso também é um reflexo das condições de trabalho. Falta esparadrapo, falta gaze, falta antibiótico”, alerta ele.

O vereador lembrou da constatação feita por ele e por outros vereadores durante visita ao Trauminha e repetida pelo CRM. “Parece um hospital de guerra, o clima é de hospital de guerra”, avaliou.

“Se não há competência para administrar, que tenha sensibilidade e respeito pela população de João Pessoa e oferte ao Estado ou ao Governo Federal a possibilidade de conduzir a média e a alta complexidade (da saúde) de João Pessoa” sugeriu o vereador sobre a administração do Trauminha.

Raoni ainda declarou  que para a população que precisa de serviços públicos de saúde em João Pessoa o “sofrimento é do PSF a alta complexidade”, ressaltou. “A gestão de saúde em João Pessoa, na gestão Cartaxo, falhou. Não posso nem chamar de gestão. Um prefeito que trocou de secretário de saúde 5 vezes (em menos de 4 anos)! Só isso já é fato de que problema de gestão, é problema de pulso, de comando, de ter um comandante com  a visão de cuidar realmente das pessoas”, acrescentou ele.

‘”O problema desse desgoverno Cartaxo, que nós experimentamos em João Pessoa porque não assume a sua responsabilidade. E infelizmente na saúde  aí é que não assume mesmo”, concluiu.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here