Veneziano contesta nota de Romero e diz que procurador de Campina Grande quer criar factóide

    0

    O deputado federal Veneziano Vital do Rêgo lamentou nesta quarta-feira (29) que o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues e o Procurador Geral do Município, José Mariz, tenham ido a público questionar as análises das prestações de contas de sua gestão, feitas pelo Tribunal de Contas da Paraíba – TCE-PB. O questionamento veio através de nota publicada nesta manhã pela Coordenadoria de Comunicação da Prefeitura de Campina Grande – CODECOM/PMCG.

    Veneziano lembrou que dos oito anos em que esteve à frente da Prefeitura de Campina Grande, o TCE-PB já analisou – e aprovou – as contas referentes a sete anos, faltando apenas a análise do último ano de sua gestão, que foi o de 2012. O release distribuído com a imprensa diz que o procurador José Mariz “revelou que 80% das obras tidas como realizadas na gestão anterior não tem prestação de contas”.

    Segundo Veneziano, a afirmação é um desrespeito ao tribunal, que analisou e aprovou 90% de todas as suas contas, faltando apenas as de 2012. Ele lembrou que, inclusive, a obra questionada pelo ex-tesoureiro Renan Trajano, objeto de um contrato com a JGR no ano de 2009, foi analisada e aprovada pelo TCE-PB, como comprova relatório publicado por sua assessoria na manhã desta quarta.

    “Ora, como o procurador diz que não há prestação de contas? No afã de querer criar factoides ele desconhece tudo o que fizeram os técnicos, os auditores, os conselheiros, que tiveram um extenso trabalho para visitar, vistoriar, medir, comparar medições e pagamentos, enfim, analisar todas as contas. Então o TCE criou as aprovações?”, questionou Veneziano.

    Veneziano também lamentou que o próprio prefeito Romero tenha ido pessoalmente às emissoras de rádio para descredenciar o trabalho do TCE, como fez na manhã desta quarta-feira, ao conceder entrevistas às emissoras de Campina questionando as prestações de contas, fato que foi reproduzido até mesmo pela sua assessoria. Segundo Veneziano, o fato de o próprio prefeito e seu procurador irem à imprensa mostra o desespero e o real interesse que está por trás de toda essa história de denúncia infundada.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here