Um ano do 7×1: Seleção Brasileira ‘muda’ e tem desempenho superior à Alemanha

    0

    08 de julho de 2015. Nesta quarta-feira, o maior vexame da Seleção Brasileira em uma partida de Copa do Mundo completa um ano: em um Mineirão lotado, os comandados de Luiz Felipe Scolari eram atropelados pela Alemanha, que seu sagraria campeã, e saíam de campo derrotados por 7 a 1.

    Porém, muita coisa mudou desde o fatídico episódio. Claro, o Brasil ainda chegou a ser derrotado pela Holanda por 3 a 0 na disputa do 3° lugar do mesmo mundial, mas, desde então, trocou de técnico, presidente, comissão e engatou uma sequência de bons resultados, melhores até do que os da ‘nêmesis’ germânica.

    Ainda em 2014, Brasil e Alemanha entraram em campo em seis oportunidades. Enquanto os alemães conheceram duas derrotas, contra Argentina e Polônia, e ainda somaram um empate contra a Irlanda, os brasileiros, já sob o comando do ‘novo’ treinador Dunga, sofreram apenas um gol e venceram todos os rivais: Colômbia, Equador, Argentina, Japão, Turquia e Áustria.

    Já em 2015, a Alemanha se recuperou de um fraco início de Eliminatória para a Eurocopa de 2016 e engatou duas vitórias: 2 a 0 na Geórgia e 7 a 0 em Gibraltar. Porém, patinou em dois amistosos, empatando com a Austrália e sendo derrotada pelos Estados Unidos.

    Ao mesmo tempo, o Brasil fez mais três amistosos e conseguiu mais três resultados positivos, contra Chile, México e Honduras, totalizando dez jogos de invencibilidade, com Neymar seguindo sendo o principal jogador do elenco, que agora conta com nomes como Roberto Firmino, Diego Tardelli, Phillippe Coutinho e Miranda.

    Porém, quando começou a disputa a Copa América, o rendimento do grupo caiu e o Brasil acabou eliminado pelo Paraguai, mais uma vez nos pênaltis, ainda nas quartas de final, após vitória sobre Peru e Venezuela e derrota para Colômbia na primeira fase.

    Portanto, o resumo do desempenho ‘pós 7 a 1’ mostra que o Brasil tem melhor rendimento que os alemães, com 12 vitórias e um empate em 15 jogos, além de uma eliminação precoce na Copa América, enquanto os germânicos tem 6 vitórias e 2 empates em 11 duelos, ainda brigando por uma vaga na próxima Eurocopa.

    As informações são da Fox Sports.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here