UEPB e DCE realizam 2º Festival Universitário de Artes; evento começa amanhã

0

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) e a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através da Pró-Reitoria de Cultura (Procult), realizam nos dias 6,7 e 8 de abril o 2º Festival Universitário de Artes (Fuá). O evento tem como objetivo democratizar o acesso à cultura e à arte, em suas variadas expressões.

O Fuá e aberto para a comunidade em geral e tem como um dos  objetivos aproximar os alunos e o público da produção artística e do aprendizado dela. Todas as atividades e shows que integram a programação do Festival durante os seus três dias são gratuitos.

A sede oficial do Fuá  é o Campus Central da UEPB, em Campina Grande, localizado no bairro de Bodocongó. Todo o público poderá participar de oficinas, palestras, assistir curtas metragens, apresentações de teatro e dança, entre outros. Um dos pontos altos da programação serão os shows de música vão acontecer em todas todas as noites numa estrutura montada na rua onde é localizado o DCE.

UEPB e DCE realizam 2º Festival Universitário de Artes; evento começa amanhã
Cartaz com a identidade visual do Festival Universitário de Artes (Fuá), promovido pela UEPB. A proposta do Fuá é abrir o diálogo e a interação entre várias vertentes de arte e manifestações culturais.

Segundo o coordenador do DCE-UEPB, Johnny William, a escolha das atrações buscou valorizar o que se produz hoje na esfera artística paraibana. “Daqui de Campina vamos ter bandas como Dona Treta e Laboratório Mundo, uma turma que vem se destacando na cena contemporânea e certamente trará uma grande contribuição ao evento”, afirmou.

Entre as apresentações confirmadas, figuram ainda Chico Corrêa e Eletronic Band, Cabruêra, Emboscada, La Gambiaja, Seu Pereira e o Coletivo 401, Escurinho, Meio Free, Totonho e os Cabra e Forró Bonito.

A segunda edição do Fuá segue a tônica da primeira, possibilitando um amplo espaço de discussão sobre as políticas públicas para cultura e as temáticas relacionadas às variadas estéticas artísticas. Assim, logo na abertura do evento, que acontece na manhã do dia 6, será realizada a mesa redonda “Política Pública para as artes”, com a participação do secretário Estadual de Cultura, Lau Siqueira, e do professor Chico Pereira, pró-reitor de Cultura da UEPB.

Nesse sentido, destaca-se ainda uma conversa sobre o cenário musical com o produtor cultural Roger de Renoir (PE), intitulada “Do Manguebeat ao Som da Rural” e com o músico Arthur Pessoa, denominada “Music From PB”, bem como uma conversa sobre Teatro, TV e Cinema com o aclamado ator Beto Quirino (PB).

Palco Procult

Além de um workshop, o festival terá aulas abertas e apresentações que ocorrerão na Tenda Procult, espaço que será montado próximo ao Diretório Central dos Estudantes (DCE), no estacionamento do Curso de Odontologia, Campus I da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande.

A programação do Palco Procult começa na quarta-feira (6), às 9h30, com um workshop de Jogos Teatrais, ministrado pelo ator Chico Oliveira. No dia seguinte acontecem duas aulas abertas, às 15h e às 16h30, respectivamente de Dança de Salão, com os bailarinos Julierme Lúcio e Paulo Sérgio; e de Acordeon, com o músico Edgley Miguel. Para a data ainda está prevista a apresentação da peça “A Cigarra e a Formiga”, às 16h, com direção de Sérgio Simplício.

Já na sexta-feira (8), às 9h30, será a vez do espetáculo Congos da Paraíba, com o Grupo de Tradições Populares Acauã da Serra. Às 17h30, haverá uma apresentação de ballet. Ambas se darão na Central de Integração Acadêmica. Encerrando a programação, às 17h30, será promovida uma performance poética com o ator Saulo Queiroz.

A fórmula do êxito

Da sua estreia, o Fuá também repete uma fórmula que deu certo: a promoção de oficinas gratuitas contemplando os mais variados conteúdos. A ideia é incentivar nos inscritos a criatividade e a expressão cultural, proporcionando um momento na programação destinado aos que almejam aprender algo novo ou aperfeiçoar seus conhecimentos.

As atividades envolvem Percussão, no Projeto Labacé (com Escurinho); Literatura de Cordel (com Edcarlos Medeiros); Porque a música é transgênica (com Totonho); Rádio (com o radialista Luiz Henrique); O Baixo Elétrico e o Ritmo (com Thiago Sombra); Como ler poesias (minicurso com o professor Flaviano Neto); Técnicas de Desenho, Charge e Cartoon (com Fred Ozanan); Introdução ao Ableton Live e suas aplicações na criação de beats, trilhas sonoras e perfomance da música eletrônica ao vivo (com Esmeraldo Pergentino); Grafite (com Erva Doce); Poética e Sarau (com Adaécio Lopes); Clowns (com Allan Barros). Informações sobre as inscrições serão divulgadas em breve.

Mais sobre o Fuá
A primeira edição do Festival Universitário de Artes ocorreu em 2013. Desde que foi criado, o evento tem o interesse de possibilitar um ambiente de fruição artística, discussão profícua e aprendizado de arte. O Fuá busca elevar os artistas e as antigas e novas produções, privilegiando o bom gosto e trazendo a criação para dentro do espaço acadêmico, com vistas à interação e ao consequente aumento do saber.

Em 2103, o Festival recebeu uma grande adesão por parte de toda a comunidade da UEPB, além de visitantes de Campina Grande e de cidades circunvizinhas. Naquela oportunidade, estima-se a participação de 5 mil pessoas. Confira a programação e acompanhe todas as novidades sobre o Fuá através da página do evento no facebook: lhttps://www.facebook.com/FestivalUniversitarioDeArtes.

 

Com informações do site da UEPB

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here