TRE-PB condena rádio da deputada Léa Toscano por ofensas a Ricardo Coutinho

    0

    O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) condenou a Rádio Constelação FM ao pagamento de multa de R$ 21.282,00 por atacar a honra do candidato a governador Ricardo Coutinho (PSB). A emissora pertence à deputada estadual Léa Toscano, esposa do prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano (PSDB).

    O Ministério Público Eleitoral deu parecer favorável à representação interposta por advogados da Coligação ‘A Força do Trabalho’, contra a emissora, e a juíza Antonieta Lúcia Maroja Arcoverde Nóbrega acatou os argumentos apresentados por descumprimento do artigo 45, III, da Lei 9.504/97, conforme art. 45, § 2º da mesma lei, combinado com art. 28, § 2º da resolução 23.404/2013, do Tribunal Superior Eleitoral.

    A representação tomou como base entrevista concedida pelo médico José Romero, veiculada na emissora, atacando a honra do candidato à reeleição, governador Ricardo Coutinho, o que afronta o princípio da isonomia, dando dessa forma tratamento em desconformidade com o que prevê a legislação eleitoral.

    A juíza entendeu que a entrevista do médico foi um flagrante desrespeito às normas eleitorais, passando a denegrir a imagem do candidato à reeleição Ricardo Coutinho, ‘atribuindo-lhe a pecha de tacanha’, ‘presunçoso’, ‘prepotente’, ‘arrogante’ e ‘perseguidor’.

    Veja abaixo trecho do despacho da juíza:

    TRE-PB condena rádio da deputada Léa Toscano por ofensas a Ricardo Coutinho

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]