TRE barra mais uma pesquisa e pode aplicar multa de R$ 50 mil ao IPESPE

    0

    O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) decidiu suspender mais uma pesquisa encomendada pelo Jornal da Paraíba ao Instituto pelo IPESPE, por indícios de irregularidades. A suspensão foi decretada pela juíza Niliane Meira, que acatou medida liminar impetrada pelo candidato a deputado estadual Leandro Wagner (PPL), da coligação ‘A Força do Trabalho IV’. A magistrada ainda estabeleceu multa de R$ 50 mil em caso de descumprimento de sua decisão.

    Segundo o advogado Francisco Ferreira, que representou o candidato do PPL na ação, a pesquisa do IPESP (PB 26/2014), que seria divulgada nesta sexta-feira (12), apresenta irregularidades no plano amostral e nas exigências do artigo 2, da resolução 22.400, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ao trazer no conteúdo os mesmos municípios selecionados na pesquisa anterior do mesmo instituto, que também foi suspensa pela Justiça Eleitoral.

    Francisco Ferreira informou que vai solicitar à Justiça Eleitoral que apure a possibilidade do IPESPE ter utilizado os mesmos dados e questionários da pesquisa anterior, que foi impugnada pela juíza Niliane Meira.

    O advogado revelou que vai requerer ao IPESPE todas as cópias dos questionários utilizados nas duas pesquisas encomendadas pelo Jornal da Paraíba, como data, hora, bairro, município e rua onde os eventuais eleitores foram abordados e entrevistados.

    Agora já são sete pesquisas suspensas na Paraíba. No total, já foram aplicadas pelo TRE multas que somam R$ 266.025,00, referentes às consultas 0007/2014, 0010/2014, 0012/2014, 0013/2014, 0016/2014, 0018/2014.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]