O secretário de Estado da Comunicação Institucional Luís Tôrres rebateu as críticas do vice-presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, Márcio Melo Rodrigues (PSDC), sobre o fim do racionamento de água no Município, anunciado pelo Governo do Estado, na manhã de ontem (08).

Em sua publicação no Facebook, Tôrres afirmou que a oposição em Campina é medíocre, pois querem combater o fim do racionamento de água na cidade, ao invés de apoiar.

“Quando vejo a oposição ao Governo do Estado em Campina Grande, me convenço da mediocridade de sua existência. A fantasia que resolveu usar agora é de combater o fim do racionamento de água na cidade e região. É possível imaginar um negócio desses? “

O motivo para a oposição ser contrária, de acordo com Tôrres, é o fato da iniciativa de resolver o problema do racionamento ter partido do governador Ricardo Coutinho (PSB).

“Tudo porque foi o governo Ricardo Coutinho, isso dói nos ouvidos de alguns deles, que anunciou com segurança a volta da normalidade do abastecimento de água em Campina, em razão das águas do São Francisco e da execução de obras e ações importantes no setor hídrico”, declarou.

O secretário ressaltou, que apesar das críticas, o próprio prefeito Romero Rodrigues cobrou do Governo que ele colocasse um fim no racionamento.

“Tristes inimigos de Campina Grande. Esquecem até que o prefeito Romero Rodrigues, cujo esporte preferido é tentar colocar a cidade contra o governo, cobrou mais de uma vez para que o governo do Estado pusesse fim ao racionamento de água”, finalizou Tôrres.

 

Comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here