“Tinha vergonha de sair de casa após a separação”, diz Ximbinha

0

Ximbinha falou mais uma vez sobre o fim do seu casamento de 18 anos com Joelma. Em entrevista ao “Programa do Porchat” desta terça-feira (22), o guitarrista disse que não soube lidar bem com a repercussão que o caso tomou.

“Eu tinha vergonha de sair de casa após a separação. O Brasil todo só falava disso. Tirei a televisão do meu quarto, não entrava na internet. Fiquei isolado do planeta porque essa história estava me fazendo muito mal”, revelou o cantor.

Apesar de ter continuado com sua carreira após o fim da Calypso, Ximbinha disse que pensou em abandonar a música após ser hostilizado por fãs durante um show em Teresina, em outubro de 2015.

“Fiquei muito triste, fiquei vários dias trancando no quarto, muito deprimido e chorando muito. Cheguei até me tratar com psicólogo. Estava perdido”, admitiu.

Ameaças de morte
A vida de Ximbinha não foi fácil após o fim da Calypso. O guitarrista disse que temeu pela sua vida quando recebeu ameaças de morte de fãs da banda.

“Eu pensava: ‘um dia desse esse povo chorava por mim e agora querem me matar’. Alguns fãs são muitos violentos. Eles já foram em aeroporto, partiram para briga, quebraram carros, invadiram a casa da minha mãe. É pior do que você imagina. Tive que fugir várias vezes”, disse.

Ximbinha, que decidiu continuar a carreira musical com uma Calypso “reformulada”, disse ainda que não queria ter parado de trabalhar com Joelma.

“Eles me culpam pela banda ter acabado, mas se dependesse de mim a banda ainda existiria. Separação é uma coisa e trabalho é outra. Trabalho não tem nada a ver com a vida amorosa. O problema é que o outro lado não soube dividir isso”, disse o cantor.

Joelma anunciou o fim do casamento com Ximbinha em agosto de 2015. Na ocasião, os dois afirmaram por meio de um comunicado “que o respeito, gratidão, amizade, admiração e parceria” permaneceriam recíprocos. Não foi o que aconteceu.

Informações do UOL.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here