“Ter a imagem de traidor é mais cruel do que a de corrupto”, avalia cientista político sobre Cartaxo

    7

    O cientista político Jaldes Meneses analisou, nesta quarta-feira (17), a saída do prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo, do PT para o PSD, como negativa para sua imagem política.

    O analista disse que Cartaxo “abandonou o barco” no momento em que o partido mais precisava da sua contribuição e liderança para enfrentar a “crise política”.

    “A pior coisa que ele fez, é ter associado sua imagem à de ser traidor. Se isso pega, será decisivo. Se essa imagem cola, não há aliança que reverta. Ter a imagem de traidor em política e na sociedade é mais cruel do que a de corrupto”, alertou.

    Para o especialista a migração de Cartaxo foi de altíssimo risco para sua trajetória política. “Cartaxo deu uma cartada para seu futuro, foi um tudo ou nada. Romper sempre é uma decisão traumática e difícil”, afirmou.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here