Temer quer votação conjunta de denúncias, diz paraibano líder do governo

Aguinaldo Ribeiro deu informação após reunião com o presidente no Planalto

0
Temer quer votação conjunta de denúncias, diz paraibano líder do governo

O líder do governo na Câmara dos Deputados, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), informou nesta quarta-feira (28) que o presidente Michel Temer pediu aos líderes de partidos aliados que votem de forma conjunta as denúncias que a Procuradoria Geral da República oferecer contra ele.

Aguinaldo deu a informação logo após participar de uma reunião com Temer, parlamentares da base e ministros.

Nesta semana, o presidente foi denunciado pelo Ministério Público Federal pelo crime de corrupção passiva com base nas delações da JBS e a expectativa no meio político é que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, também denuncie Temer pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa.

“[Temer disse] que o ideal é que votemos as denúncias conjuntas. Por óbvio, até porque o inquérito é um que trata das três coisas”, disse Aguinaldo Ribeiro após o encontro.

Ele ressaltou, na sequência, que ainda não está definida a estratégia do governo. “Parte da base defende que acelere e outra parte defende que não se acelere”.

Na avaliação do líder do governo, como as denúncias, se oferecidas separadamente, têm como base um único inquérito, o processo de análise na Câmara deve ser um só.

“Nós entendemos que o que está contido no inquérito deveria estar contido numa denúncia. O fatiamento não é praxe, pelo menos no que vimos em todo esse processo. É um procedimento natural. O que foi emanado de um único inquérito, esteja junto. Vamos seguir o o estabelecido no regimento”, afirmou.

A análise da denúncia

A denúncia contra Temer, enviada na segunda (26) por Janot ao Supremo Tribunal Federal, será remetida à Câmara dos Deputados pelo ministro Luiz Edson Fachin.

Na Casa, será analisada, primeiro, pela Comissão de Constituição e Justiça, responsável por formular um parecer recomendando a rejeição ou a aprovação da denúncia.

Do G1

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here