Software livre ajuda a criar próteses 3D para humanos e animais

0

Modelar e imprimir próteses 3D para humanos e animais a partir de tecnologia e software livre: essa é a nova empreitada de Cícero Moraes, expert em trabalhos tridimensionais. Durante o FISL 17 — Fórum Internacional Software Livre, evento de tecnologia que acontece de 13 a 16 de junho, em Porto Alegre, o especialista explicou como funciona essa experiência, que é capaz de mudar a vida das pessoas.

Moraes é o maior especialista do país em reconstrução facial forense. Ou seja, a reconstituição virtual de rostos humanos a partir de fotos dos seus próprios crânios. Desse modo, conseguiu recriar a face de “homens das cavernas”, santos e até mesmo vítimas de assassinato. Tudo com auxílio de softwares e impressoras 3D.

Projeto baseado em software livre

Durante o FISL, Moraes contou que o sistema que pode gerar um modelo 3D a partir das fotos do crânio é baseado no software PPTGui. O especialista também usa um programa de modelagem, oBlender 3D, para desenhar a pele, olhos e demais características. Ambos são software livres, ou seja, possuem código aberto e que podem ser utilizados gratuitamente, além de modificados à vontade.

A aplicação do seu conhecimento na medicina e na veterinária começou quando Moraes foi apresentado a uma impressora 3D, que permite criar modelos virtuais do computador em plástico, como o casco de um jabuti chamado Fred, que ganhou uma “casa nova” feita no computador.

“Fred na verdade é uma fêmea, uma jabota”, explica Moraes. “O casco dela sofreu combustão numa queimada. A partir da reconstituição em 3D, pudemos imprimir a parte queimada com uma impressora 3D e acoplá-la ao resto do casco. A cirurgia durou quatro horas”, conta.

Software livre ajuda a criar próteses 3D para humanos e animais

Informações do TechTudo.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: redacao@paraibaja.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here