SMS realizou mais de 25 mil testes ara o diagnóstico do HIV em 2014

    0

    O diagnóstico precoce é fundamental para o tratamento de qualquer doença e pode salvar vidas. No caso do HIV (vírus da imunodeficiência humana) não é diferente. Em 2014, o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) realizou 25.461 testes para o diagnóstico do HIV. Estes exames são realizados na sede do CTA, no Cais Jaguaribe, ou em ações externas e itinerantes promovidas pelo Centro.

    De acordo com Ministério da Saúde, quanto antes a presença do vírus for descoberta, maior a expectativa de vida do soropositivo. Em caso de gestantes portadoras do HIV, ter o conhecimento dessa situação e seguir o tratamento recomendado durante o pré-natal, parto e pós-parto, pode fazer com que o bebê nasça sem o vírus. Daí a importância em se realizar o teste para saber se está infectado pelo HIV.
    Na Rede Municipal de Saúde de João Pessoa esses testes podem ser realizados gratuitamente no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), que funciona de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h, no Centro de Atenção Integral à Saúde (Cais) de Jaguaribe, na Rua Alberto de Brito, s/n.

    “Na maioria dos países do mundo, a taxa de infecção para o HIV vem diminuindo, mas no Brasil esse número aumentou em aproximadamente 11%, principalmente em jovens de 15 a 24 anos, homens que fazem sexo com homens, profissionais do sexo e usuários de drogas”, destaca a chefe da seção DST/AIDS da Secretaria Municipal de Saúde, Clarisse Pires.

    Ainda, de acordo com os dados do Ministério da Saúde (MS), cerca de 20% das pessoas com HIV não sabem que tem o vírus. “Por isso fazer a testagem é fundamental. As metas do Ministério é que até o ano de 2020, 90% das pessoas que vivem com HIV/AIDS conheçam seu diagnóstico; 90% das pessoas que sabem de sua soropositividade recebam tratamento e que 90% dos que estão em tratamento tenham sua carga viral indetectável, o que diminui a probabilidade de contaminar outra pessoa”, completou Clarisse Pires.

    Caso um usuário seja diagnosticado com HIV na Rede Municipal de Saúde, ele é encaminhado para tratamento no Hospital Clementino Fraga, onde recebe toda a medicação, assistência e acompanhamento.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here