Sete árvores doentes e com risco de tombamento são retiradas da Lagoa; Semam garante replantio

    0

    A Prefeitura de João Pessoa fez neste fim de semana a retirada de sete árvores que estavam doentes e apresentavam riscos de tombamento na área no Parque Solon de Lucena. A retirada foi autorizada após laudo feito pelos técnicos da Divisão de Arborização e Reflorestamento da Secretaria de Meio Ambiente de João Pessoa, que constataram não haver possibilidade de recuperação das espécies.

    Das árvores retiradas, duas eram da espécie palmeiras dendezeiros, uma pitombeira, uma castanhola, um cajueiro e duas leucenas. As duas palmeiras e a pitombeira apresentavam risco de tombamento por estarem com os troncos ocos. Além disso, os troncos dessas árvores tinham  pregos encravados, que abriram fissuras, facilitando a infestação por fungos. Já a castanhola, o cajueiro e as duas leucenas apresentavam riscos à rede coletora de esgoto e instabilidade que poderia culminar com desabamento.

    A Semam esclarece que todas as árvores que estão em áreas urbanas, como canteiros de praças e avenidas, que são de responsabilidade da Prefeitura Municipal de João Pessoa, passam por podas periódicas e exames de ultrassom, onde são verificadas as condições fitossanitárias da espécie. Em caso de infestação, elas são tratadas de forma adequada e, no último caso, feita a retirada da espécie.

    Revitalização do Parque – Com o projeto de revitalização do Parque Solon de Lucena, será feito o replantio de espécies nativas como Pau Brasil, Sibipiruna, Sucupira, Ipês e Oitizeiros – árvores que, por serem nativas, se adaptam melhor ao clima, crescem mais rápido e apresentam maior resistência às pragas.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here