#seraqueéracismo: brasileiros usam hashtag para denunciar intolerância

    0

    #seraqueéracismo: brasileiros usam hashtag para denunciar intolerância

    Em protesto contra o assassinato de cinco jovens negros no Rio de Janeiro, no último dia 28 de novembro, muitos brasileiros adotaram a hashtag #seraqueéracismo para denunciar casos de intolerância racial nas redes sociais.

    Os amigos com idades entre 16 e 25 anos voltavam do Parque Madureira, na zona norte do Rio, em um Fiat Palio, quando foram atingidos por policiais militares. Eles levaram 39 tiros, dos 63 que acertaram o veículo, segundo laudo de necropsia do Instituto Médico-Legal. Os PMs envolvidos foram presos. O caso foi registrado na 39ª DP (Pavuna) da Polícia Civil e também está sendo investigado pela Corregedoria da Polícia Militar.

    O primeiro tuíte com o uso da hashtag foi publicado no último sábado (5) pelo grafiteiro Aira Ocrespo: “#seráqueéracismo quando a polícia atira 111 vezes na direção de um carro, numa movimentada rua de um bairro”, questionou.

    A hashtag também inspirou muitos outros usuários, que compartilham experiências de racismos.

    https://twitter.com/yeahugly/status/674284315291820032?ref_src=twsrc%5Etfw

    O ativismo virtual já abordou casos de assédio sexual contra mulheres, com a hashtag #meuprimeiroassédio, bem como casos de machismo, como a hashtag #meuamigosecreto. As informações são do Uol.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here