Senador paraibano usa as redes sociais para destacar o aniversário de Campina Grande

    0

    O senador Raimundo Lira (PMDB-PB) utilizou as redes sociais para prestar a sua homenagem à cidade de Campina Grande, que neste domingo (11), completa 151 anos de Emancipação Política. Ele destacou as qualidades do povo campinense e falou sobre a história, o potencial e todo espírito empreendedor da Rainha da Borborema.

    Esta semana, Lira também homenageou a Campina Grande na tribuna do Senado Federal. Ele ressaltou que Campina Grande, também conhecida como capital do trabalho e terra do Maior São João do Mundo, se destaca no cenário nacional como uma das mais importantes cidades nordestinas.

    Em uma declaração de amor, Lira garantiu que Campina Grande ocupa um destaque especial em seu coração, a exemplo de Cajazeiras, sua terra natal. Voltando no tempo e na história, Lira lembrou que os pais vieram residir em Campina em 1960, atraídos pela pujança econômica da cidade e pelo seu clima ameno e agradável.

    “Meu pai José Augusto de Lira, foi um dinâmico empresário, de família predominantemente empreendedora, e minha mãe, França Dantas Lira, dona de casa e mãe orientadora, inteligente e amorosa” lembrou o parlamentar.

    Lira, que escolheu Campina para instalar as suas empresas, lembrou que recebeu, com muita honra, o Título de Cidadão Campinense, em 11 de Outubro de 1977, dia do aniversário da cidade, há 38 anos. “Meus repetidos agradecimentos à Câmara Municipal de Campina Grande e ao então vereador José Luiz Junior, autor da propositura” agradeceu Lira. O parlamentar também fez menção ao seu irmão, o empresário Tico Lira, que teve a honra de ser vice-prefeito e prefeito da Rainha da Borborema.

    Raimundo Lira também fez questão lembrar do seu casamento com a campinense Gitana Maria da Silveira Figueiredo, professora da Universidade Federal da Paraíba, filha do saudoso Bento Figueiredo, agropecuarista e ex-prefeito da cidade. “Gitana e eu somos pais de quatro filhos maravilhosos, também campinenses, com muita honra: Rodolfo, Isabela, Eduardo e Rogério”.

    O senador também fez um breve relato do surgimento da cidade, lembrando que Campina também é conhecida poeticamente como Rainha da Borborema e que, conforme os historiadores, surgiu como aldeia por intermédio do Capitão Mor dos Sertões, Teodósio de Oliveira Ledo, em 1º de dezembro de 1697.

    Lira disse que, pela posição geográfica e solos agricultáveis, Campina se destacou como entreposto comercial no Nordeste, passagem obrigatória para tropeiros, boiadeiros e outros viajantes. Ele lembrou que Campina é hoje a segunda maior cidade do Estado, com população estimada em 420 mil habitantes, na liderança de uma região formada por dezenas de municípios e com uma população de mais de 1 milhão de habitantes.

    Com orgulho de ser Cidadão Campinense, Lira também lembrou dos grandes empreendedores que acreditaram na cidade, como José Alencar, da empresa Embratex, ex-vice-presidente da República, que implantou em Campina a maior indústria têxtil do Brasil. Lira citou o potencial econômico da cidade e lembrou das universidades, que atraem pessoas de todo o Nordeste, além do potencial tecnológico, o que possibilitou o desenvolvimento do algodão geneticamente colorido.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here