Semob culpa motoristas de ônibus por engarrafamentos no terminais da Lagoa

0

 

A mobilidade urbana tem sido uma das pautas mais debatidas das eleições 2016 entre os candidatos a prefeitos nas grandes e médias cidades de todo país. Em João Pessoa não é diferente e uma das principais reclamações dos usuários de transporte públicos na Capital é o aumento no tempo de espera pelos ônibus nos terminais da Lagoa.

Após muitas reclamações através das redes sociais, meios de comunicação e diretamente na Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob), o órgão municipal divulgou uma nota informado que disponibilizou quatro agentes de trânsito para tentar reduzir os congestionamentos e culpou os motoristas de ônibus pelo caos instalado no local.

“Esse trabalho de conscientização dos motoristas compete às empresas para que os passageiros tenham acesso aos ônibus nos respectivos pontos. O que também prolonga o percurso é o motorista parar no local errado”, disse o superintendente da Semob, Carlos Batinga.

O tempo de espera por ônibus pode ultrapassar 40 minutos em determinados horários e isso tem feito com que os trabalhadores cheguem mais tarde em casa após a longa jornada de trabalho. Outra reclamação constante é a demora para que os coletivos cheguem nas plataformas de embarque e desembarque nos terminais da Lagoa, o que tem ocasionado o atraso de muitas pessoas que trabalham no comércio.

Leia abaixo na íntegra a nota distribuída pela Semob:

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob) disponibilizou, desde a última sexta-feira (9), equipes de agentes de mobilidade para disciplinar o trânsito nas vias de acesso ao Parque da Lagoa Solon de Lucena.

Segundo o superintendente da Semob, Carlos Batinga, a medida foi tomada devido ao aumento no fluxo de veículos que acontece no Centro da Capital a partir das 16h. “Nós disponibilizamos esses agentes para organizar o tráfego no local, sobretudo o transporte de ônibus. São quatro agentes que ficam no início da Avenida Duarte da Silveira e Princesa Isabel, das 16h às 19h, que é o período de maior movimentação”, explicou Batinga.

Além da presença diária dos agentes da Semob, o superintendente lembrou ainda que as empresas de transporte coletivo também disponibilizaram fiscais para orientar os motoristas quanto a parada nos pontos corretos para embarque e desembarque dos passageiros. “Esse trabalho de conscientização dos motoristas compete às empresas para que os passageiros tenham acesso aos ônibus nos respectivos pontos. O que também prolonga o percurso é o motorista parar no local errado”, complementou o superintendente.

Ainda de acordo com Carlos Batinga, com o aumento no número de transeuntes na área do Parque da Lagoa o tempo para os embarques e desembarques nos ônibus tornou-se mais longo. “Como o Parque ficou bem iluminado e mais seguro, muita gente que esperava os ônibus nos pontos da Avenida Padre Meira, por exemplo, optaram por ir até a Lagoa. Então, isso também contribui para a demora na saída dos ônibus”, disse.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here