Sem Moacyr Franco, programa A Praça É Nossa fará piada com ‘petralhas’ e ‘coxinhas’

0

Sem Moacyr Franco, programa A Praça É Nossa fará piada com ‘petralhas’ e ‘coxinhas’Com elenco mais enxuto após as demissões de Moacyr Franco e Paulo Pioli, o programa A Praça É Nossa, do SBT, fará piada com as brigas entre ‘coxinhas’ e ‘petralhas’ em um novo quadro que estreará nesta quinta-feira (7). Curiosamente, os “rivais” políticos serão vividos por Tuca e Bibi Graça, filhos de Saulo Laranjeira, intérprete do deputado corrupto João Plenário.

“Eles são de lados opostos, um é da esquerda e outro da direita. Tudo que eu falo, a petista entende que eu agredi, que eu sou um ‘coxinha’. O outro acha completamente diferente”, explicou o apresentador Carlos Alberto de Nóbrega.

Assinado por Raphael Carvalho, roteirista da Praça, e Dalila de Nóbrega, neta de Carlos Alberto e intérprete da advogada Camomila, o quadro ‘Os Politizados’ é uma versão moderna da Velha Surda, personagem de Roni Rios (1936-2001) que marcou história no humorístico ouvindo errado tudo que dizia o ranheta Apolônio, papel de Viana Júnior (1941-2010).

“É uma Velha Surda da nova geração. Ele está falando uma coisa e a pessoa não entende. É o que a gente vive hoje nesse momento de esquerda e direita. As pessoas falam o que querem na internet e cada um interpreta do seu jeito, o que bem entende a sua ideologia”, explica Raphael Carvalho.

Sem Moacyr Franco, programa A Praça É Nossa fará piada com ‘petralhas’ e ‘coxinhas’

Estreia terá polêmica em museu

Tuca Graça será Jairo, o ‘coxinha’, conservador, defensor da moral e dos bons costumes e com pensamentos de direita. Bibi Graça será Rosária, a ‘petralha’. Vizinha de Jairo, é liberal, feminista com pensamentos de esquerda. Para incendiar a briga, Carlos Alberto não precisará nem falar de política. Qualquer assunto será motivo para eles discutirem no banco da Praça e considerarem o humorista de direita ou de esquerda.

O primeiro quadro foi gravado na última quarta-feira (29) com uma polêmica que dividiu a opinião pública nos últimos meses: nudez e sexualidade em exposições. Rosária, a ‘petralha’, entrou com o cartaz “Arte não é crime”. Jairo, o ‘coxinha’, apareceu segurando a placa “Safadeza não é arte”.

Quando questionados por Carlos Alberto sobre como se conhecem, Jairo responde: “Infelizmente, somos vizinhos. Quase uma Coreia do Norte e uma Coreia do Sul. Ela, obviamente, é a Coreia do Norte”. Os vizinhos discordam de tudo, mas, no fim, só querem o melhor com pontos de vista diferentes.

“Tudo que ele falar será interpretado de forma equivocada por um lado ou pelo outro. Hoje a gente vive isso, ainda mais que quando você fala uma coisa na rede social você desagrada um lado. Se você tenta agradar um lado, acaba desagradando o outro. É uma brincadeira com esse momento polarizado que a gente vive no Brasil, de opiniões políticas”, ironiza Raphael Carvalho.

 

Comente

Antares

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here