Seinfra adota medidas para resolver problemas de alagamentos em JP

    0

    A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), cadastrou e diagnosticou os pontos críticos de drenagem ocorridos nos últimos períodos chuvosos. Destes pontos, cerca de 80% são provocados por subdimensionamento da rede existente. Os projetos necessários para correção já foram elaborados e a PMJP iniciará a fase de licitação para início das obras. A primeira avenida contemplada será a Sérgio Guerra, principal dos bancários.

    Várias intervenções já foram adotadas pela Seinfra, entre elas o desassoreamento de alguns rios e canais, que culminaram com o fim de alagamentos em pontos recorrentes em outros anos, a exemplo de Água Fria, ao lado do Centro Administrativo, onde foi criado um ramal de drenagem e interligado a uma tubulação próxima onde havia capacidade de suportar a nova carga. Também não são mais registrados alagamentos no Bairro São José, Av. Beira Rio, Rua Angelina Balthar, Comunidade Tito Silva, passagem de Mangabeira Valentina, Ponte do Cuia.

    Também está em execução a obra do túnel extravasor da Lagoa do Parque Sólon de Lucena, que será responsável pelo escoamento do excesso de água da Lagoa nos dias de chuva. “A conclusão do túnel acabará com o problema de transbordamento da Lagoa do Parque Sólon de Lucena”, garantiu o secretário de Infraestrutura de João Pessoa, Cássio Andrade.

    A Seinfra também realiza serviços preventivos, como a limpeza e manutenção de galerias pluviais que proporcionam o escoamento das águas da chuva e reduzem a possibilidade de pontos de alagamento.

    Seinfra recolhe quase 10 toneladas de lixo por dia

    Quase 10 toneladas de lixo são retiradas diariamente das galerias de drenagem de águas pluviais pelas equipes da Secretaria de Infraestrutura de João Pessoa (Seinfra). Entre o material retirado estão sacolas plásticas, descartáveis, latas, sandálias, terra, isopor e garrafas de vidro e de plástico, entre outros, responsáveis pela obstrução das galerias, dificultando o escoamento das águas pluviais, provocando alagamentos.

    A falta de consciência de parte da população em relação ao descarte correto do lixo gera conseqüências para todos, seja de moradores próximos a áreas ribeirinhas, que sofrem com enchentes, ou nas vias públicas, prejudicando a passagem de pedestres e motoristas, que sofrem com os alagamentos.

    Quem joga um papel no chão, plástico, garrafas pet ou se utiliza da janela do carro como lixeira está contribuindo para o problema. É que o lixo jogado nas ruas e calçadas, com as enxurradas, acaba sendo carregado para os bueiros, caindo nas galerias, causando o entupimento e evitando o escoamento das águas pluviais. O resultado dessa ação é sempre o mesmo, o entupimento das galerias e o alagamento do local, causando transtorno para pedestres e motoristas.

    A população pode ajudar, evitando que isso aconteça. Segundo o secretário Cássio Andrade, além das ações preventivas que a Prefeitura de João Pessoa realiza diariamente, é preciso que a população faça também a sua parte, descartando de forma correta o lixo.

    Ele lembra que a PMJP tem trabalhado constantemente para manter bueiros e galerias limpas. A Seinfra conta com um serviço de limpeza de galerias de águas pluviais, que segue uma programação diária. O serviço também pode ser solicitado pela população por meio do telefone 0800.031.1530.

    Os serviços de manutenção e conservação de galerias incluem a recuperação, limpeza com retirada de entulho e lançamentos, escovação e colocação de tampa e de grelha. Os serviços seguem uma programação diária, definida pela Diretoria de Manutenção e Conservação da Seinfra.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here