Secretaria de Saúde de JP realiza Dia D de Vacinação Antirrábica neste sábado

    0

    Dando continuidade às ações de imunização de cães e gatos, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realiza, neste sábado (18), o dia D da Campanha de Vacinação Antirrábica. Nesta edição, 172 postos de imunização estarão espalhados por toda a cidade para aplicar as doses da vacina no período de 8h às17h.

    Todos os cães e gatos a partir de três meses de idade deverão ser vacinados, incluindo também os animais gestantes, já que não existe contraindicação. Os animais devem ser levados aos postos de vacinação por pessoas adultas, com guia e coleira. Os gatos podem ser levados em sacos de ráfia (cebola).

    “A vacina é gratuita e protege da raiva o animal e toda sua família. Nesta edição da campanha a nossa meta é alcançar 80% da população canina, representando um total de 65 mil cães”, explica Nilton Guedes, gerente de vigilância ambiental e zoonoses da SMS.

    Ainda de acordo com Nilton, as vacinas já vem sendo aplicadas desde o início da semana e para agilidade nos trabalhos de vacinação, no dia ‘Dia D’, cerca de 800 pessoas entre profissionais da rede municipal de saúde e voluntários estarão trabalhando nos atendimentos de imunização. Os postos de vacinação distribuídos na Rede Municipal de Saúde podem ser conferidos no link: http://goo.gl/bYrTV2.

    Serviços – Para este sábado, além das ações de imunização, o Centro de Vigilância Ambiental e Zoonoses ofertará serviços como orientação sobre o combate ao mosquito da dengue, exposição de animais para adoção, visitação aos ambientes do centro de zoonoses e demonstração do trabalho desenvolvido.

    Os proprietários que não conseguirem levar os seus animais aos postos de vacinação no sábado (18) poderão fazê-lo normalmente no Centro de Vigilância Ambiental e Zoonoses, localizado na Avenida Walfredo Macêdo Brandão – N° 100 – Jardim Cidade Universitária, no horário de 8h às 17h, de segunda a sexta-feira.

    Raiva Animal – A raiva animal é uma doença causada por um vírus. Ela ataca diversos animais, e também o homem. Quase 100% das pessoas que adquirem a doença chegam ao óbito. O cão, o gato e o morcego são os principais transmissores da raiva em áreas urbanas.

    Quando uma pessoa é agredida por um animal, a exemplo do cão, gato, morcego ou sagüi, é importante lavar bem a ferida, com bastante água e sabão amarelo e procurar imediatamente uma unidade de saúde. A recomendação é não matar o animal e pedir orientação à Gerência de Vigilância Ambiental e Zoonoses (Gvaz) de João Pessoa, através dos telefones 3218-9357 ou 3214-3459.

    Adoção – Para adotar um animal, o interessado deve ter 18 anos, apresentar um documento de identidade com foto e comprovante de residência. Deve ainda participar de uma orientação sobre o bem e posse responsável do animal com a equipe da Gvaz.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]