“Se sou secretário, não é por iniciativa do PT, mas por Cartaxo”, diz Adalberto sobre filiação no PSD

    0

    O secretário de Articulação Política de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, que acompanhou o prefeito Luciano Cartaxo de sair do PT para se filiar ao PSD, justificou, na manhã desta sexta-feira (18), os motivos de decidir esquecer 30 anos de história e ideologia.

    “Minha decisão para seguir um novo partido tem a ver com a democratização da cidade, com políticas públicas que eu acredito. Eu fui convidado por um convite pessoal do prefeito. Não tenho vergonha de defender figuras públicas grandiosas nesse partido (PT), devo muito a ele. Mas quero deixar claro também que se hoje sou secretário foi por uma iniciativa não do PT local ou estadual, mas fundamentalmente pela iniciativa de Cartaxo. E tenho uma leitura de que o governo é muito bom”, explicou.

    Apesar das justificativa de Cartaxo de sair do PT ser os escândalos que rondam o partido, Fulgêncio diz que seu posicionamento não será de criticar a legenda. “Foi uma decisão difícil, quase solitária, apenas dividida com minha mulher e meu filho. É a primeira vez que tomo uma decisão não coletiva e acho que nunca vou deixar de ter aquilo que sempre acreditei. Eu não vou criminalizar nunca o PT e muito menos as lideranças que representam a história desse partido. O PT tem uma história, tem um valor significativo para democracia brasileira”, declarou.

     

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here