Saúde disponibiliza testes rápidos de HIV no Dia de Combate a Aids

    0

    O Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa, oferece durante esta segunda-feira (1), testes rápidos de detecção de Aids. A ação integra a programação especial da Secretaria de Estado da Saúde para marcar o Dia Mundial de Luta contra a Aids. Na terça-feira (2), a mesma a ação será levada ao Porto de Cabedelo.

    Neste domingo (30), os testes rápidos e distribuição de kits de prevenção (preservativos masculinos e femininos) ocorre no Busto de Tamandaré, praia de Tambaú, também na Capital.

    Com motoristas – Na manhã do sábado (29), quando o evento começou, as equipes da SES contaram com parceria do Sindicato dos Motoristas e Ajudantes de Entrega do Estado (Sindmae-PB). A ação foi iniciada às 8h no Posto Fiscal de Caaporã – divisa Paraíba e Pernambuco, tendo como principal público alvo motoristas, caminhoneiros e assistentes de cargas.

    Além da distribuição de testes rápidos de HIV, foram disponibilizados exames de glicemia (nível de açúcar no sangue), vacina contra a Influenza, aferição de pressão, preservativos masculinos e femininos e material educativo com informações sobre doenças como tabagismo, tuberculose e hanseníase.

    Segundo a assistente social e técnica na Gerência Operacional de DST/Aids e Hepatites Virais, Mailsa Gomes, a ação foi estratégica por atingir diretamente um público considerado vulnerável à Aids. “Motoristas viajam constantemente e, em uma dessas viagens, pode ser que eles tenham contato sexual com uma pessoa infectada. Nossa missão é repassar conhecimentos e salientar que qualquer relação sexual sem camisinha, inclusive a oral, é considerada uma situação de risco”. Mailsa disse que o contato com os motoristas foi positivo e de fácil aceitação. “Muitos deles chegaram se dispondo a fazer o teste. É interessante porque eles se sentem cuidados e abraçados com os serviços de saúde”, disse ela.

    De acordo com Márcio Kleber, participante do Sindmae-PB, com a rotina atribulada, muitos motoristas não têm tempo de ir ao médico e fazer acompanhamento adequado. “Esta ação do Governo, em parceria com o Sindmae-PB, é muito importante. A carga horária desses profissionais é muito extensa e muitas vezes eles não têm oportunidade de fazer exames ou consultas. Aqui eles podem realizar exames, receber orientações para que possam seguir com uma saúde de qualidade”, afirmou.

    O evento contou com participação de técnicos e enfermeiros do Complexo Hospitalar Clementino Fraga. A enfermeira Maria do Socorro de Luna Gouveia salientou a função do Hospital: “Verificamos a taxa de açúcar no sangue e a pressão arterial. Verificamos muitos indivíduos com alterações significativas nos exames. Nossa intenção é alertá-los e orientá-los da importância de procurar uma unidade de saúde para fazer exames mais específicos, com jejum de 8h a 12h, para que, em seguida, possa ser iniciado um tratamento adequado”.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here