Sarau Poético do Cearte homenageia a mulher nesta terça-feira

0

“Palavra de Mulher” será o tema do Sarau Poético que será realizado nesta terça-feira (22) no Centro Estadual das Artes (Cearte), a partir das 16h, no hall de entrada da instituição. O tema foi escolhido especialmente para homenagear a mulher no mês em que ela tem um dia dedicado à luta pelos seus direitos.

O Sarau Poético é promovido pelo Núcleo de Atenção e Estudo da Palavra (Naep) do Cearte e nos dois últimos anos vinha sendo realizado sempre na terceira terça-feira de cada mês, mas a partir deste ano apresenta uma novidade. Neste semestre, um segundo dia foi acrescentado, uma quarta-feira, para contemplar também alunos, professores e visitantes que não estão no Cearte nas terças.

A professora de Teatro Performático, Celly de Freitas, que faz parte do Naep e coordena o Sarau Poético, contou que a ideia é trabalhar a palavra e a mulher, seu corpo e sua expressão. “Vamos ver a mulher que escreve poesia ou os homens que escrevem sobre a mulher. A minha turma de Teatro Performático, que trabalha o corpo com a poesia, fará uma apresentação no início. Será algo simples porque é uma turma que começou agora. Depois fica aberto ao público para as poesias. Quem escreve pode apresentar”, conta, revelando como a Escola Estadual de Arte vem buscando projetar a poesia para as novas gerações e até revelar talentos.

Celly explica que o Sarau é a oportunidade para que seja criado um maior vínculo entre os artistas, onde eles podem contribuir uns com os outros. “O Sarau começou nos grandes salões dos reis na Europa. No Brasil, no século XVIII e XIX, já se fazia isso, essas reuniões onde os artistas tratavam de mostrar seus trabalhos com a palavra. Podiam ser poesias, músicas, ou outra forma de arte com palavras. Depois havia um momento após a apresentação para discutir aquelas obras”.

Desde que foi iniciado no Cearte, o Sarau Poético tem crescido em público. Como a participação é totalmente aberta, pais de alunos e amigos também se interessam e ficam antenados para saber quando será o próximo.

“Pensamos que futuramente, dentro do Naep, além do Sarau, poderemos organizar oficinas de cordel, oficinas onde as pessoas possam ter um conhecimento mínimo sobre a gramática”, anima-se a professora, explicando que a ideia não é dar aulas de português, mas brincar e através do lúdico inserir pequenos conceitos básicos. “O objetivo não é o ensino em si, mas ajudá-los a ter uma escrita e uma leitura melhor”, frisa, deixando claro a importância da palavra para o Sarau, ainda que a música, os gestos, o teatro, desenho, escultura, componham também a releitura das obras visitadas nas terceiras terças e quartas de cada mês no Cearte.

Como funciona – Normalmente o Sarau Poético escolhe um convidado para homenagear – excepcionalmente em março será abordado o tema mulher.  Após escolher o homenageado, os grupos da escola estudam a obra e as poesias do escolhido e apresentam trabalhos para expressar ou traduzir como veem os poemas.

“A gente faz essa preparação uns 20 dias antes da apresentação. Na turma de artes visuais, por exemplo, o professor pega algumas poesias e distribui entre os alunos para que eles façam o exercício de pintura, desenho, ou de escultura também, e é interessante porque eles se envolvem e a partir daquela palavra eles passam um sentimento em relação a obra de arte, é como se fosse uma tradução da poesia para a obra”, explica.

Outra atividade realizada no Sarau Poético é deixar que uma arte visual inspire palavras. “A gente pega uma obra, de pintura ou escultura, e coloca aqui no Cearte onde as pessoas possam ver. Fica durante uma semana e as pessoas escrevem sobre e no sarau elas compartilham o que escreveram”.

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here