Romero defende fim da reeleição e deixa dúvidas sobre disputa em Campina

    0

    Em entrevista a Rádio Correio FM na manhã desta quarta-feira (03), o atual prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), defendeu o fim da reeleição. Romero, destacou  que se hoje pudesse opinar no Congresso, seria pelo fim da reeleição que considera danosa ao Tesouro Público. Contrariando o próprio líder do PSDB no Estado, o senador Cássio Cunha Lima, onde no começo da semana anunciou em evento na Câmara Municipal de Campina Grande, que Romero disputaria sim sua reeleição. O gestor campinense disse que só vai discutir se vai ou não disputar reeleição em 2016, juntamente com seu aliados.

    “Se pudesse opinar hoje no Congresso seria contra a reeleição e a favor de um mandato mais amplo. Só vou discutir se vou ou não disputar a reeleição em 2016 com meus aliados”, afirmou Romero, em entrevista ao PB Agora.

    Em 2010, quando eleito deputado federal, Romero defendia publicamente a reeleição de Rômulo Gouveia (PSDB), caso ele assumisse a prefeitura com eventual processo de cassação do ex-prefeito Veneziano Vital do Rego (PMDB), que foi inocentado pelo TRE-PB. Em uma entrevista recente, o tucano posicionou-se de forma clara contra o fim da reeleição.

    Surpreendendo os seus aliados, ele não afastou inclusive, a possibilidade de abdicar do próprio direito de disputar a sua recondução ao Palácio do Bispo em 2016. Quando exercia o cargo de deputado, que integrava a Comissão Especial da Reforma Política, também foi contra o processo da reeleição, apesar de entender ser facultado pela própria legislação eleitora.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here