Rodrigo Silva admite que o Belo está quase lá e já mira rival no mata-mata

0

O Botafogo-PB está quase classificado para o mata-mata da Série C do Brasileiro. Falta muito pouco para assegurar de vez a vaga e um simples empate contra o Fortaleza, no próximo domingo, no Almeidão, é suficiente. E, ainda que perca, o Belo só não se classificaria se uma improvável combinação de resultados de ASA e Remo acontecesse. A situação é tão cômoda, que o atacante Rodrigo Silva já quer saber é qual vai ser o adversário do time na próxima fase, no mata-mata que vale o acesso à Série B de 2017.
Após o empate sem gols contra o ASA, nesse domingo, na casa do adversário, Rodrigo Silva festejou o ponto conquistado, mas já focou no próximo desafio, contra o Fortaleza. Um jogo que, o atacante confia, vai servir apenas para definir em que posição o Botafogo-PB vai terminar essa primeira fase e, consequentemente, que time do Grupo B o Belo vai enfrentar na próxima fase.
– Tivemos uma semana para treinar, descansar, recuperar e aí então ver a posição que ficamos para ver o confronto – comentou, com otimismo, o jogador.
O Alvinegro de João Pessoa está com 27 pontos, na terceira colocação do Grupo A. Se a primeira fase acabasse agora, o adversário no mata-mata seria o vice-líder da outra chave, que, no momento, é o Boa Esporte. Além do time mineiro, contudo, há outros cinco candidatos a adversários do Botafogo-PB na próxima fase: Guarani, Botafogo-SP, Ypiranga-RS, Juventude e Tombense.
Mas é preciso enfrentar o Fortaleza antes de conhecer o próximo adversário. Para o duelo com o Tricolor cearense, no Almeidão, Rodrigo Silva espera contar com o apoio da torcida.
– Contamos com o apoio de todos. Eles são muito importantes nesta campanha, são peça fundamental. Esperamos um Almeidão lotado para nos empurrar, nos incentivar.
Quem também espera contar com a força dos botafoguenses na arquibancada do Almeidão é o lateral-esquerdo Jefferson Recife. Titular da posição no jogo de domingo, contra o ASA, o jogador ajudou o Belo a sair de Arapiraca com o ponto que manteve o time vivo na briga pela classificação. E, mais que isso, quase lá.
– Que a torcida venha a comparecer, para a gente fazer um grande jogo e buscar a classificação.
De fato, o ponto conquistado fora de casa foi de fundamental importância, até porque o ASA é um dos times que brigam com o Botafogo-PB pela classificação à próxima fase. O técnico Itamar Schülle elogiou a postura dos seus comandados contra o Fantasma e comemorou muito o fato de o time ter conseguido evitar que o adversário somasse três pontos.
Para Schülle, a comissão técnica e os jogadores precisam agora estar focados durante a semana para todos chegarem prontos no confronto com o Fortaleza.
– Nós temos uma semana inteira para trabalhar bem. Mas hoje foi dado um passo importante. Temos que manter o trabalho, com humildade, como a gente sempre tem feito e trabalhando muito. Esses são os integrantes para chegar onde a gente está chegando – resumiu o treinador.

Informações do G1.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here