Botafogo-PB e Treze realizam primeiro grande clássico do Paraibano

    0

    Botafogo e Treze fazem neste domingo o primeiro grande clássico do futebol paraibano em 2015. Clássico, diga-se de passagem, cercado de histórias, reviravoltas e muita rivalidade. Que só aumentou nos últimos anos, depois que o Belo ‘importou’ do rival a fórmula para sair do ostracismo e virar o grande protagonista do Estado.

    Só tirando por base os últimos seis anos (que coincide com a chegada de Marcelo Vilar no futebol paraibano), nada menos que 16 jogadores que passaram pelo Presidente Vargas desembarcaram na Maravilha do Contorno. Isso para não falar da comissão técnica, que além de Vilar, ainda tem o preparador físico Alexandre Duarte, o auxiliar Totonho e o preparador de goleiro Walter Bahia, todos bicampeões pelo Galo em 2010 e 2011.

    Com essa base, o Botafogo conquistou títulos. É o atual bicampeão estadual e, de quebra, ainda foi campeão brasileiro da Série D de 2013. Nesse mesmo período, o Treze conviveu com campanhas pífias no estadual e ainda amargou o traumatizante rebaixamento para a Série D. Para isso, as duas derrotas sofridas para o rival contribuíram decisivamente – sem falar da derrota botafoguense para o Águia, na última rodada, que sacramentou a queda galista na Série C.

    Se o Botafogo confia na sua legião de ex-trezeanos, o Galo também tem do que se apegar: o retrospecto. Isso porque o time de Campina Grande leva vantagem no retrospecto histórico. Neste domingo Botafogo e Treze vão se enfrentar pela 387ª vez em 75 anos de história, o chamado “Clássico Tradição”. E o Galo leva vantagem. Tem 156 vitórias contra 123 do Botafogo.

    São tantos pontos que fica até difícil apontar o mais determinante para a rivalidade atual. Mas talvez a necessidade de uma vitória, de acabar com a desconfiança da torcida, seja o que una – ou melhor, o que apimenta ainda mais – o Clássico Tradição desta tarde. Porque o Treze, apesar da vice-liderança, ainda não jogou longe de Campina Grande num daqueles caprichos da tabela do Campeonato Paraibano. Mas tropeçou duas vezes, nos empates contra Santa Cruz e CSP, o que inibe a confiança de sua torcida.

    O Botafogo, por sua vez, apesar dos 100% de aproveitamento no Campeonato Paraibano (dois jogos, duas vitórias), decepciona na Copa do Nordeste, com três derrotas e uma eliminação cada vez mais iminente.

    Nesse cenário, vencer o clássico deste domingo pode dar um novo alento para a temporada. Porque nada é melhor do que vencer o rival.

    Com informações GE/PB

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here