Ricardo: negligência de Cássio causou o rompimento da barragem Camará

    0

    O guia eleitoral do governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição pela coligação ‘A Força do Trabalho’, exibido na noite desta sexta-feira (19), lembrou da tragédia da barragem de Camará, que em junho de 2004, rompeu por falta de manutenção da gestão do então governador Cássio Cunha Lima (PSDB). A tragédia matou cinco pessoas e deixou milhares de desabrigados em Alagoa Grande e mais quatro cidades da região do Brejo paraibano.

    Em 2011, o Tribunal Regional Federal (TRF) responsabilizou Cássio pela falta de manutenção e por negligência, já que o então governador havia sido alertado sobre a possibilidade de rompimento. O ex-prefeito de Esperança, Nobinho Pedro, lembrou que os moradores das cidades atingidas esperaram por seis anos por uma providência, até que em 2011, Ricardo se comprometeu em reconstruir Camará. “As obras estão em pleno andamento”, frisou.

    Em sua fala, Ricardo ressaltou que está reconstruindo Camará para fazer com que grande parte da água da barragem não vá para outros municípios. “Com o sistema adutor que estamos construindo, levaremos água para as casas dos moradores dos municípios da região do Brejo”, enfatizou o governador.

    O guia ainda destacou a construção do canal Acauã-Araçagi, maior obra hídrica da história da Paraíba, que vai garantir água para 680 mil pessoas de 33 municípios do Vale do Paraíba. Também foi destacada a implantação de mais de 735 quilômetros de redes adutoras e a instalação de estações de tratamento d’água em todas as regiões do Estado.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: redacao@paraibaja.com.br